Léo - Fluminense

(Foto: Nelson Perez/Fluminense F.C.)

LANCE!
08/12/2017
07:40
Rio de Janeiro (RJ)

Sem poder de compra para explorar o mercado, o Fluminense busca alternativas para reforçar as posições carentes. Em vez de oferecer uma quantia em dinheiro aos clubes, tenta a troca de jogadores valorizados por um ‘pacotão‘ de reforços. Por isso, ninguém tem permanência garantida. 

- Minha vontade é ficar, mas se tratando de futebol é muito dinâmico. Muitas coisas podem acontecer nessas férias. Vou curtir com a minha família e estou preparado para permanecer ou não. Todo ano pode acontecer qualquer coisa. Uma ligação pode mudar tudo - afirma o lateral Léo à Rádio Brasil, que garante.

- Hoje estou focado no Fluminense.

A bola da vez é Gustavo Scarpa. Insatisfeito no clube e com alto valor de mercado, o meia desperta interesse de clubes brasileiros e a diretoria vê com bons olhos uma possibilidade de venda mais empréstimo de outras peças. Nesta quinta, o São Paulo fez proposta nestes moldes mas, de primeira, não agradou.

No atual elenco de Abel Braga, as posições mais carentes são as laterais e o meio de campo. Na direita, Lucas e Renato não devem seguir no clube e o setor vira prioridade. Na esquerda, a diretoria tenta a compra de Marlon, caso cheguem propostas, Léo pode ser negociado.