Michel Araújo - Fluminense x Palmeiras

'Precisamos ficar mais com a bola no campo rival', diz Michel Araújo (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)

LANCE!
15/08/2020
07:10
Rio de Janeiro (RJ)

O Fluminense lida com um forte obstáculo em seu início de caminhada no Brasileirão: o fraco poderio ofensivo. Prestes a medir forças com o Internacional, no Maracanã, a equipe reconhece que tem esbarrado em dificuldades para encontrar alternativas de superar a marcação adversária.

- A gente tem que ficar mais com a bola, fazer com que ela chegue mais ao Evanilson, que é o nosso centroavante hoje. Estamos criando poucas situações de gol na frente. Precisamos ficar mais com a bola no campo do rival. Assim, conseguiremos chegar ao gol rapidamente - afirmou, em entrevista divulgada pela Flu TV, o meia Michel Araújo.

A frequência das jogadas pelo meio nas partidas recentes exige que o Tricolor das Laranjeiras aprimore a rapidez na tomada de decisões, especialmente porque a equipe tem depositado mais as fichas neste tipo de investida.

- A gente tem muito jogador que atua pelo meio, não tanto para a beirada. Dodi, Ganso, Nenê... Pelo meio estamos conseguindo, não tanto por fora - frisou Michel Araújo.

A tendência a "afunilar" as jogadas custou caro no revés para o Grêmio e no empate com o Palmeiras. O Tricolor das Laranjeiras se deixou levar pelo jogo truncado, independentemente de contar com Nenê ou Ganso como meias. Além de Evanilson seguir isolado na frente, o setor ofensivo pouco mostrou seu poderio.  

O ímpeto tricolor também tem esbarrado na pouca eficácia nas jogadas de bola aérea, que seria um bom caminho em meio em jogos acirrados. Mesmo com tantas coisas para o técnico Odair Hellmann ajustar, Michel Araújo mantém sua confiança no elenco.

- Acreditamos no nosso padrão de jogo, vamos ganhar mais do que perder - acredita.

O Fluminense volta a campo neste domingo, às 18h, contra o Internacional.