Sornoza

Sornoza é um dos destaques do Fluminense na temporada (Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC) 

Luiza Sá e Marcello Neves
15/09/2018
08:00
Rio de Janeiro (RJ) 

"É o sonho de todo jogador", disse Junior Sornoza, ao falar sobre uma das suas grandes motivações na carreira: poder se firmar na seleção equatoriana. Após quatro anos ausente, um novo passo foi dado e ele voltou a defender o seu país nos amistosos contra Jamaica e Guatemala. Antes de retornar ao Fluminense, conversou com o LANCE! em tom de agradecimento ao clube pela mudança que causou em sua carreira.

- Foi maravilhoso estar de volta e defender o meu país. É o sonho de todo jogador. Claro que o Fluminense tem participação nisso (convocação para a seleção equatoriana). Espero conseguir manter minhas boas atuações, ajudar o Fluminense e poder retornar à seleção novamente - declarou Sornoza. 

A Copa América de 2019 será disputada no Brasil e pode marcar uma nova "segunda seleção" entre os cariocas. Parte da torcida do Flamengo torceu para o Peru na Copa do Mundo por Paolo Guerrero, assim como os vascaínos estavam ao lado do Uruguai por causa de Martín Silva. Chegou a vez dos Tricolores apoiarem o Equador por Sornoza? O camisa 10 riu com a situação e espera que o cenário se repita no ano que vem. 

- Espero que sim (risos), que o torcedor do Fluminense possa adotar a minha seleção na Copa América também. Estou ansioso para jogar uma grande competição defendendo meu país - brincou. 

Enquanto esteve com o Equador, dois companheiros de Independiente Del Valle (EQU) foram lembrados. Jefferson Orejuela, que ainda pertence o Flu e atualmente defende a LDU (EQU), está em alta e reencontrou o amigo pessoal. Por outro lado, Bryan Cabezas sequer estreou no Tricolor e vê distante o sonho de retornar à seleção. Sornoza falou sobre eles. 

- Eles (Orejuela e Cabezas) são grandes jogadores e companheiros fantásticos. Pude conversar com o Orejuela na Seleção. E o Cabezas tem grande potencial. Com certeza, poderá nos ajudar bastante nesta temporada.

Fluminense
Sornoza está relacionado no Flu (Foto: Divulgação/Fluminense)

Confira outros trechos da entrevista com Sornoza:

LANCE!: Você vê na Sul-Americana com o Fluminense a chance de "dar a volta por cima" após ter sido vice-campeão de um torneio internacional com o Del Valle?

- Sim, temos que jogar para ganhar. Queremos o título e vamos lutar para dar essa alegria à nossa torcida. Estamos focados nesse objetivo.

Jadson deu coletiva que está se adaptando ao esquema de três volantes de Marcelo Oliveira. Seus números aumentaram sem os três zagueiros. Qual a diferença para atuar nos esquemas de Abel Braga e de Marcelo Oliveira?

- São estilos diferentes, mas que nós, jogadores, temos que nos adaptar. Não pela troca de treinador, mas pelo momento do time. Com certeza vamos melhorar ainda mais nessa temporada.

Gum vai completar 400 jogos pelo clube na próxima rodada. Se poderia contar alguma história legal que teve com ele no clube

- O Gum é um grande zagueiro, ótimo líder dentro do nosso grupo e ídolo da torcida. Ele dá bons conselhos pra gente sempre render mais dentro de campo.