Fluminense x Grêmio - Roger Machado

Sob o comando de Roger, Fluminense tem 4 vitórias, 5 empates e 4 derrotas no Brasileiro (Foto: Lucas Merçon / Fluminense FC)

LANCE!
24/07/2021
22:48
São Paulo (SP)

Após a derrota do Fluminense contra o Palmeiras no Allianz Parque, o técnico Roger Machado relembrou a partida e comentou as alterações que fez, assim como revelou a expectativa de relacionar Matheus Martins mais vezes para o Campeonato Brasileiro. 

- Não diria que [o segundo tempo] foi tão diferente do primeiro. O Palmeiras, depois de conseguir seu gol, passou a contra-atacar a gente. Tivemos controle da bola, criamos oportunidades diferentes das que havíamos criado, porque o Palmeiras colocou muitos jogadores na entrada da área, então a gente passou a entrar pelos lados - comentou o treinador, que foi além.

- Claro que a ausência do Caio no ritmo da partida, com a característica do seu jogo e na fase em que ele está, é sempre sentida, mas o Luiz Henrique entrou bem. O que nos preocupa é a sequência porque não sabemos o que de fato aconteceu. Mas sentimos até porque não somos um grupo com muitos jogadores dessa característica, e na intenção disso já programei a vinda do Matheus Martins para a alternância dos times no Brasileiro, e numa eventualidade ele se juntará a gente - afirmou. 

Em um período com diversos desfalques, ele explicou a lesão de Luccas Claro mas destacou que o atleta irá comparecer no jogo contra o Criciúma, nas oitavas de final da Copa do Brasil. O treinador também comentou a saída de Caio Paulista durante a partida. 

- O Luccas sentiu durante a semana, fez um exame e apareceu um pequeno edema. Para esse jogo ficava muito em cima e a gente corria o risco de perdê-lo para a partida de terça, então ele se tratou e se junta ao grupo amanhã para a partida de terça-feira. Em relação ao Caio, até pensei que ele tinha levado um chute, mas o médico relatou que ele não sentiu puxar, e sim um estalo na articulação. Ele ainda tentou voltar, mas logo depois manifestou que não tinha condições de continuar mais. Foi uma decisão do momento, mas penso que o pouco tempo que ele ficou em campo não tenha agravado [o quadro dele].

> Confira a classificação da Série A do Brasileirão

Roger ainda ressaltou que, apesar do resultado, gostou do desempenho tricolor na partida deste sábado. Depois de uma semana livre para treinamentos e diante de duas partidas eliminatórias na Copa do Brasil e Libertadores, o comandante da equipe pontuou o que precisa ser trabalhado na preparação para as decisões.

- A [próxima] semana a gente vai usar para recuperar os atletas e trabalhar algumas movimentações, que eu vi hoje que tem gerado espaço. As flutuações dos nossos pontas, principalmente o Biel, que tem uma capacidade de flutuar mais que o Caio, que é um jogador mais agudo.

- As nossas saídas lá de trás, colocando o volante muitas vezes lateralizado, assim como o Martinelli rompendo o meio, de acordo com a sua característica como vimos no primeiro tempo. Foram situações trabalhadas durante a semana e no decorrer do ano, e a gente sabe que já estão dentro dos atletas. Nesta semana, trabalhamos questões de controles e movimentações básicos, de controle de transição, preenchimento de área defensiva e ofensivamente, além de controlar o contra-ataque do adversário.

- Ainda há muito o que trabalhar, mas como falei com os atletas, daqui pra frente não vamos ter mais semanas abertas, com a gente passando das fases nas competições em que estamos. Mas tudo o que é passado do modelo já está dentro deles, e por vezes uma semana aberta é muito mais para descansar a cabeça do que ter ganho de parte física porque a partir dessa etapa do ano já não vai ter muito ganho substancial [nesse sentido]. Mas eu gostei do que eu vi. Não do resultado, evidentemente, mas nos dá satisfação jogar bem contra o líder do campeonato. Poderíamos ter sorte melhor, infelizmente não tivemos.

+ VÍDEO: Veja o gol que deu a vitória ao Palmeiras sobre o Fluminense

Com o resultado, o Tricolor estaciona no meio da tabela do Campeonato Brasileiro. Operando em um calendário apertado, o Fluminense terá pouco tempo para corrigir os erros apresentados hoje.

Na próxima terça (26), o Tricolor enfrenta o Criciúma, às 19h15, no Estádio Heriberto Hülse, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. No dia 31, a partida de volta acontece no Maracanã, às 16h30.