Pedro

Pedro garantiu estar focado no Fluminense (Foto: Mailson Santana/Fluminense)

LANCE!
06/07/2019
15:17
Rio de Janeiro (RJ)

O atacante Pedro se pronunciou pela primeira vez após notícias darem conta de que o atacante do Fluminense teria demonstrado desejo de sair do clube. O jogador confirmou que está aberto para conhecer outro projetos e escutar propostas, mas que isso não significa que, de fato, ele vai deixar o clube. Pedro também garantiu estar focado no Fluminense.

- Sobre ouvir e querer conhecer qualquer projeto, é uma atitude natural de qualquer profissional. Ouvir não quer dizer sair. Que fique bem claro. Sigo, mesmo diante de tantas especulações e inverdades ditas sobre a minha pessoa, focado, trabalhando e à disposição do Fluminense para as batalhas que teremos pela frente - publicou o jogador na sua conta do Instagram.


Pedro ressaltou o sentimento de gratidão pelo Fluminense e disse que jamais pensou em "rescisão unilateral ou qualquer processo jurídico" contra o clube. Mas fez questão de citar os problemas financeiros do clube.

- Estou ciente do momento financeiro do clube. Das trocas internas. Aproveito e ressalto que em momento algum pensei na possibilidade de uma rescisão unilateral ou qualquer processo jurídico. A educação dada pela minha família, tem como base a gratidão com as pessoas que me ajudaram a construir grandes momentos no Fluminense, clube ao qual sempre serei grato.

Na última sexta-feira, segundo o colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo, Pedro teria comunicado ao Fluminense o seu desejo de atuar pelo Flamengo, que já procurou o clube das Laranjeiras para tentar contratar o atacante de 22 anos, desejo do técnico Jorge Jesus.

A assessoria do jogador confirmou a reunião com  a diretoria do clube e o "interesse em ouvir o projeto esportivo e financeiro dos clubes interessados em seu trabalho", mas não citou especificamente o nome de nenhum clube.

Confira o comunicado de Pedro na íntegra:

"Tenho seis anos de Fluminense. Sempre defendi com orgulho e respeito a camisa tricolor. Jamais passou pela minha cabeça desrespeitar a instituição e, principalmente, os torcedores que sempre me abraçaram em meus melhores e piores momentos.

Estou ciente do momento financeiro do clube. Das trocas internas. Aproveito e ressalto que em momento algum pensei na possibilidade de uma rescisão unilateral ou qualquer processo jurídico. A educação dada pela minha família, tem como base a gratidão com as pessoas que me ajudaram a construir grandes momentos no Fluminense, clube ao qual sempre serei grato.

Sobre ouvir e querer conhecer qualquer projeto, é uma atitude natural de qualquer profissional. Ouvir não quer dizer sair. Que fique bem claro. Sigo, mesmo diante de tantas especulações e inverdades ditas sobre a minha pessoa, focado, trabalhando e à disposição do Fluminense para as batalhas que teremos pela frente. Saudações tricolores!"