Pedro Abad, presidente do Fluminense

Pedro Abad é o presidente do Fluminense (Foto: Marcello Neves/Lancepress!)

Marcello Neves e Sergio Santana
12/04/2019
14:00
Rio de Janeiro (RJ)

Pedro Abad assinou, nesta sexta-feira, o compromisso da concessão de administrar o Maracanã pelos próximos seis meses. O Fluminense, porém, não aparece no contrato como permissionário, já que precisa resolver algumas questões em relação à certidão negativa de débitos para entrar. O presidente afirmou que o clube já corre atrás para entrar, de fato, na gestão.

- É uma situação temporária. A gente já levantou todos os débitos que impedem a CND. Temos a expectativa de resolver isso o mais rápido possível. Assim que apresentarmos toda a documentação, passamos a fazer parte disso como permissionário - afirmou. 

Pedro Abad comentou que, apesar da gestão ser compartilhada entre a dupla Fla-Flu, que Vasco e Botafogo também podem partir dessa administração. O presidente buscou reiterar que esse contrato não dá nenhum tipo de vantagem aos dois clubes para uma concessão futura.

 Flamengo e Fluminense estão mais acostumados a operar o Maracanã, mas os outros clubes poderiam estar aqui se quisessem. Após os 180 dias, Flamengo e Fluminense podem ter a participação de novos clubes. Os dois já estão acostumados com o estádio, mas não quer dizer que tenhamos uma vantagem para o futuro da gestão - comentou.