Ceará x Fluminense

Júnior Dutra, durante duelo contra o Ceará (Foto: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.)

LANCE!
30/07/2018
06:00
Rio de Janeiro (RJ)

A ordem no Fluminense é levantar a cabeça depois da derrota para o Ceará no Campeonato Brasileiro. Para isso, o reencontro com a torcida deve ser fundamental no duelo contra o Defensor Sporting, do Uruguai, pela segunda fase da Copa Sul-Americana. A partida será na quinta-feira, às 21h45 (de Brasília), no Maracanã. O técnico Marcelo Oliveira pregou a mudança de chave e destacou que é preciso ter paciência até que o time se encaixe depois das mudanças durante a Copa do Mundo.

- Da mesma forma que não perdemos três jogos, não vamos agora achar que está tudo errado. Vamos mudar a chave para o jogo de quinta-feira e esperar o apoio da torcida - disse o treinador.

Nos três primeiros jogos com Marcelo Oliveira no comando, o Tricolor conseguiu manter atuações com menos posse de bola e muitos lançamentos. Sem propor o jogo, conquistou duas vitórias e um empate. Quando precisou sair para a partida e ser superior, sofreu. Contra o então lanterna Ceará, os jogadores não souberam o que fazer quando tiveram a bola no pé e a falta de criatividade no meio comprometeu o desempenho ofensivo.

Na primeira fase, contra o Nacional Potosí, o Flu chegava da eliminação para o Vasco na semifinal do Campeonato Carioca, depois de uma boa vitória contra o Botafogo. Depois, somou bons resultados no início do Brasileirão e, apesar da derrota na altitude, acabou classificado. Dentro de campo, dominou o duelo em casa e, depois de encaixar os chutes, abriu boa vantagem. No Uruguai, sofreu com a altitude.

Se o Fluminense chegará ao jogo pressionado, o Defensor também não vive ótima fase. Irregular na temporada, a equipe chegou até a Sul-Americana depois da cair da Libertadores, onde fez apenas 4 pontos no grupo do Grêmio. Além disso, soma três vitórias nos últimos 10 jogos.

Mudanças

Com a mudança de fase da Sul-Americana, hoje, o Fluminense poderá fazer três alterações na lista de inscritos para a competição e a disputa será acirrada. Isso porque o Tricolor contratou novas peças para o elenco durante a janela de transferências. Para Marcelo Oliveira, o zagueiro Digão e o atacante Júnior Dutra estão certos. Porém, a terceira vaga está em aberto.

Luciano, Everaldo e Bryan Cabezas são as opções até o momento. Douglas, Robinho, Luan Peres e Marlon Freitas, inscritos na primeira lista, já não estão mais no clube. Nathan Ribeiro, que não chegou a entrar entre os relacionados, também deixou o Flu.