Fluminense - bandeira no treino

Bandeira do Fluminense asteada no CT Carlos Castilho (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)

LANCE!
10/02/2021
19:19
Rio de Janeiro (RJ)

O Fluminense quitou, nesta quarta-feira, o pagamento da CLT do mês de dezembro a jogadores e funcionados. O clube já havia pago 20% desse valor anteriormente. Assim, o que ainda está em aberto é o 13º de 2020 e janeiro de 2021, além dos meses envolvidos no acordo com os atletas. Tudo tem que estar em dia até o fim de março.

> Veja os jogadores mais utilizados pelo Fluminense durante a temporada

O acordo firmado entre a diretoria e o grupo profissional engloba 20% dos salários de março, 50% de abril e 1/3 das férias de abril do ano passado. Inicialmente tudo seria pago até dezembro, mas houve um entendimento interno para estender o prazo até março. Caso haja inadimplência, o clube é obrigado a pagar o que o elenco abriu mão em março (15%), maio (25%) e junho (25%).

CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO DO BRASILEIRÃO

Portanto, até março o Flu ainda precisa acertar 100% dos salários de janeiro de 2021, que venceu em 5 de fevereiro, 100% dos salários de fevereiro de 2021, ainda a vencer, 20% dos salários de março de 2020, 50% dos salários de abril de 2020, 1/3 das férias tiradas em abril de 2020 e os direitos de imagem em aberto.

Brigando por uma vaga na Libertadores, o Fluminense espera que o restante de 2021 seja mais tranquilo com relação aos salários. O Tricolor entra em campo nesta quarta-feira, contra o Atlético-MG, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro.