Luiza Sá
02/09/2020
22:21
Rio de Janeiro (RJ)

No primeiro tempo, o Fluminense parecia ter um jogo controlado no Maracanã. No entanto, a expulsão de Hudson aos 39 minutos mudou a figura para a segunda etapa. Pressionado, o Tricolor acabou cedendo o empate ao Atlético-GO por 1 a 1, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Após a partida, em entrevista coletiva, o técnico Odair Hellmann valorizou a entrega dos jogadores atuando com um a menos e lamentou por entender que o time merecia a vitória.

- Eles saíram cansados pela dedicação que tiveram, o esforço. Estamos falando de sequência, pouco tempo de treinamento, só recuperação. Tem um jogo totalmente controlado, faz o gol, está bem, cria outras oportunidades para fazer o segundo e matar o jogo e não aproveitamos e aí acontece a expulsão e o jogo se transforma. Mudou completamente - analisou o treinador, que, de certa forma, lamentou o resultado.

- Se fizermos a leitura de todo o jogo, é um jogo para sair com a vitória pelo o que nós produzimos mesmo depois da expulsão, porque, até com a expulsão, a gente criou duas ou três oportunidades claras que o Atlético-GO não conseguiu ter no segundo tempo. Ele conseguiu ter uma posse, ele conseguiu chegar até a última parte do campo, mas não conseguiu encontrar facilidade porque a nossa organização defensiva estava bem estabelecida - afirmou.

- Então, é valorizar esse ponto. Claro que nós trabalhamos e nós queríamos a vitória. Era importante a manutenção dessa sequência de vitórias, mas é valorizar o que os jogadores fizeram para fazer a manutenção de um ponto. E a gente sai daqui com a sensação de que era para ter vencido a partida. Mas eu quero parabenizar a todos pela dedicação, pelo esforço. Por isso que no final do jogo todos caem no chão por tudo que faz a leitura do jogo, era para ser a vitória. Mas valeu o esforço de todos - completou.

No fim de semana, o Flu terá o São Paulo pela frente, fora de casa. A partida será no domingo, às 16h. Odair voltou a falar sobre o peso da sequência de jogos desde o início do Campeonato Brasileiro. O Fluminense ainda não teve uma semana completa de treinamentos e nem terá em setembro.

- É a sequência que gera o desgaste. Hoje tivemos três desfalques por suspensão. Mais dois poupados. É difícil. Arrisca com a dor para não desfalcar? E se tiver lesão e desfalcar depois? Temos que fazer a avaliação sempre. A sequência desses jogos, sem interrupção para recuperar. A recuperação não é só técnica, mas é física e mental. E não é só o Fluminense, é o futebol, o campeonato. Se preparem, porque estamos em setembro. A sequência que virá pela frente será ainda mais desgastante. Precisaremos estar preparados, rodar o grupo, confiar neles e manter os jogos mais fortes - finalizou.

Odair Hellmann - Fluminense x Atlético GO
Odair durante o jogo do Flu com o Dragão (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)