Luiza Sá
07/01/2022
13:02
Rio de Janeiro (RJ)

O lateral-esquerdo Cristiano está próximo de reforçar o Fluminense. Ainda não há contrato assinado, mas a compra em definitivo do jogador terá um investimento do clube de 1,4 milhões de euros (R$ 9 milhões) após um imbróglio envolvendo o Vitória de Santo Antão, de Pernambuco, que tem direito a 30% do valor da venda. Em entrevista coletiva no CT Carlos Castilho, o presidente Mário Bittencourt defendeu a contratação, que gerou críticas nas redes sociais por conta dos valores.

- O Cristiano poderia assinar o pré-contrato em seis meses, mas está jogando fora do Brasil e o nosso scout o acompanhava antes de ir para a Europa. Ele fez grandes partidas e se concretizou, mostrando que seria importante para nós. Me espanta a preocupação com a contratação. Estamos falando de futebol brasileiro contratando jogador da Europa, estamos falando de 1,4 milhão de euros diluídos em dois anos e meio, a lateral é uma posição carente no futebol brasileiro. Os que aqui estão, tentamos algumas vezes, o Arana a pedida foi 3 milhões de euros por 50% e um salário alto. Tentamos outros, o Jorge, do Monaco, veio para o Palmeiras por um salário muito acima. O Cristiano é uma excelente oportunidade - explicou.

Destaque da Liga dos Campeões, o jogador foi o responsável pelas três assistências em seis jogos do time na fase de grupos. Aos 28 anos, Cristiano é natural de Niterói, no Rio de Janeiro, e começou a carreira no CRB. Além do clube formador, o lateral tem passagens pelo Vitória-PE, Bonsucesso, Criciúma e Volta Redonda. Em 2017, foi emprestado ao Sheriff Tiraspol, e foi contratado ao final da temporada. Pelo clube da Moldávia, conquistou quatro campeonatos nacionais e um torneio.

- A primeira parcela do Cristiano é apenas em junho. Não temos como ficar com um lateral só e esperar seis meses. O Abel adorou o jogador, acha que será importante para o sistema. Como fizemos com o Michel Araújo, que deu certo, e o Pacheco, que está saindo. O Araújo compramos por 700 mil dólares e emprestamos por 500 mil dólares, está quase pago, a opção de compra é 3,3 milhões de dólares. Se o Cristiano for bem aqui, ainda não assinou, mas se for vendido por 5 milhões de euros, vai ser uma grande contratação. Mas fizemos com os pés no chão. Todas as compras da nossa gestão estão pagas - completou.

Atualmente, o Fluminense tem como opções para a posição dois jogadores com contrato até o fim de 2022: Marlon, que terminou a temporada como titular, e Danilo Barcelos. Egídio não ficará após fim do contrato. Pineida, já acertado, atua nos dois lados do campo.

Cristiano, do Sheriff
Cristiano está perto de ser anunciado pelo Fluminense (Foto: Divulgação / Sheriff)