Fluminense x Portuguesa

Fluminense terminou último Brasileirão em quinto lugar na tabela (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)

Luiza Sá
28/05/2021
09:00
Rio de Janeiro (RJ)

Depois de uma campanha surpreendente na última temporada com vaga na Libertadores, o Fluminense quer se manter na briga por grandes objetivos em 2021. Apesar de ter mantido a base que ficou em quinto lugar, o Tricolor contratou sete reforços para reforçar o elenco visando todas as competições que disputará. Além disso, tem alguns meninos da base que subiram para encorpar o grupo com o talento de Xerém.

Brasileirão vai começar! Veja datas, onde assistir e estádios dos dez primeiros jogos do Fluminense

Time-base: Marcos Felipe; Calegari (Samuel Xavier), Nino, Luccas Claro e Egídio; Martinelli, Yago Felipe e Nene (Cazares); Caio Paulista (Luiz Henrique), Fred e Gabriel Teixeira (Kayky).
Técnico: Roger Machado.

Vaivém do Flu
Quem chega: Wellington, Samuel Xavier, Manoel, Cazares, Abel Hernández, David Braz e Raúl Bobadilla.
Quem sai: Marcos Paulo (para o Atlético de Madrid a partir de julho), Wellington Silva (Gamba Osaka, do Japão), Yuri (Cuiabá), Samuel (Vitória), Fernando Pacheco (Juventude), Michel Araújo (Al-Wasl, dos Emirados Árabes), Miguel (pediu rescisão na Justiça)

> Gestão Mário Bittencourt chega a 26 reforços e cinco treinadores no Fluminense; veja a lista

Quem pode chegar: No momento sem especulações
Quem pode sair: Paulo Henrique Ganso
Necessidade de reforços: Meio-campistas e lateral-esquerdo
Retornos de empréstimos: Ninguém aproveitado no time principal

Veja a tabela completa do Brasileirão

Os primeiros jogos:

1ª rodada - São Paulo x Fluminense - 29/05 - 21h (de Brasília) - Morumbi
2ª rodada - Fluminense x Cuiabá - 06/06 - 11h (de Brasília) - Maracanã
3ª rodada - Red Bull Bragantino x Fluminense - 13/06 - 16h (de Brasília) - Nabi Abi Chedid
4ª rodada - Fluminense x Santos - 17/06 - 19h (de Brasília) - Maracanã
5ª rodada - Fortaleza x Fluminense - 20/06 - 18h15 (de Brasília) - Arena Castelão
6ª rodada - Atlético-GO x Fluminense - 23/06 - 19h (de Brasília) - Antônio Accioly
7ª rodada - Fluminense x Corinthians - 27/06 - 16h (de Brasília) - Maracanã
8ª rodada - Fluminense x Athletico-PR - 30/06 - 20h30 (de Brasília) - Maracanã
9ª rodada - Flamengo x Fluminense - 04/07 - 16h (de Brasília) - Maracanã
10ª rodada - Fluminense x Ceará - 07/07 - 21h30 (de Brasília) - Maracanã

Opinião da setorista - Luiza Sá

A campanha do Fluminense na temporada passada foi uma surpresa para a maior parte das pessoas e consolidou um grupo que se utiliza da mescla entre os mais jovens e os mais experientes. É importante lembrar que o elenco enxuto não foi o suficiente para ir longe na Copa do Brasil e na Sul-Americana, com eliminações bem precoces, e é justamente pensando nisso e na dificuldade da Libertadores que o clube foi ao mercado.

Quase todos os reforços chegaram para basicamente compor o elenco, que manteve a base de jogadores, mas vem em um início de trabalho já bastante movimentado de Roger Machado. A regularidade vista com Marcão nos últimos meses da temporada ainda não foi encontrada pelo sucessor, que tenta encontrar a melhor formação que se adapte ao modelo de jogo. No Carioca, disputado em vários jogos com reservas ou time misto, a final expôs ainda mais o problema que já vinha sendo observado na Libertadores.

A vitória diante do River Plate e a classificação em primeiro lugar no grupo dão confiança ao Flu, mas também sobe o patamar de expectativa sobre o elenco. Caso consiga de fato acertar os espaços no meio e rodar o grupo para evitar lesões graves, acredito que o time entra neste Brasileirão entre os concorrentes a pelo menos uma pré-Libertadores.