João Lopes - Fluminense

João Lopes vai vestir a camisa 12 antes usada por Cavalieri (Foto: LUCAS MERÇON/ FLUMINENSE FC)

Fernanda Teixeira
07/02/2020
16:13
Rio de Janeiro (RJ)

O goleiro João Lopes foi anunciado oficialmente pelo Fluminense, nesta sexta-feira. O jogador de 24 anos, recém-contratado, concedeu entrevista coletiva no CT Carlos José Castilho e vestiu pela primeira vez a camisa 12. O número havia sido aposentado em homenagem a Diego Cavalieri, após a conquista do título brasileiro de 2012. Sem esconder a emocação, o goleiro agradeceu pela oportunidade e prometeu fazer história pelo Tricolor. 

– -É uma alegria muito grande. O Fluminense é um clube de muita tradição e fiquei muito feliz de chegar. Que seja um ano muito abençoado para todos nós. Agradeço ao presidente por usar essa camisa de muito valor. O que posso dizer é que pode gerar um entusiasmo da torcida, mas mantenho o foco. Faço o meu melhor, mas a história do Fluminense com essa camisa é uma e quero fazer a minha – disse.

 João Lopes assinou contrato por duas temporadas e já vinha treinando com o restante do elenco.  Ele vai disputar a posição com Muriel, Marcos Felipe e Marcelo Pitaluga. A contratação foi feita pensando nas convocações de Pitaluga para as seleções de base. O goleiro, no entanto, diz não se preocupar com a forte concorrência e admitiu se inspirar em Marcos, que em 2019 passou de terceiro goleiro a titular. 

– Além de sermos companheiros somos amigos. Vim para fazer o meu trabalho. Se tiver oportunidade, quero corresponder da melhor maneira possível. O Marcos Felipe trabalhou firme no dia a dia e recebeu uma oportunidade. O importante é estar bem para quando a oportunidade aparecer poder suportar. Eu fico feliz pelo momento que ele viveu. O que me resta é trabalhar firme e focado. 

Experiência do outro lado do Atlântico

Revelado pelo Flamengo, o jogador tinha os direitos econômicos vinculados à Portuguesa (SP), mas atuava pelo Santa Clara, de Portugal, desde o segundo semestre de 2018. De volta ao Brasil, espera agregar os aprendizados da experiência fora no clube carioca.

– Tive uma experiencia positiva na Europa. É um jogo de muita intensidade ao qual o futebol brasileiro está tentando se adaptar. Foi um período em que aprendi muito. Quero trazer essa experiência para cá e ajudar o Fluminense – finalizou o novo dono da camisa 12.