Millonarios x Fluminense - Fred

Fred, durante a partida entre Fluminense e Millonarios (Foto: Staff images/ CONMEBOL)

LANCE!
22/02/2022
22:57
Bogotá (COL)

O atacante Fred viveu noite de extremos. Nesta terça-feira, o camisa 9 quebrou mais um recorde e, aos 38 anos, se isolou como o jogador na história que mais defendeu o Fluminense na Libertadores, com 29 jogos disputados. No entanto, ele precisou ser substituído na partida diante do Millonarios, em Bogotá, na Colômbia, ainda no primeiro tempo.

Antes, Fred dividia o posto com Thiago Neves, que cai para segundo, com 28 jogos disputados. Em terceiro está o volante Edinho, com 24. Carlinhos e Conca tem 22, enquanto Diego Cavalieri tem 21 partidas.

Ainda não é assinante do Cariocão-2022? Acesse www.cariocaoplay.com.br, preencha o cadastro e ganhe 5% de desconto com o cupom especial do LANCE!: GE-JK-FF-ZSW

O centroavante deixou o campo ainda no primeiro tempo. Aos 34 minutos, Fred sentiu um problema na coxa direita depois de ser lançado nas costas da zaga. Ele saiu em velocidade para alcançar a bola, mas logo parou e deixou o campo de maca e com as mãos no rosto.

Além de se isolar ainda mais no posto, Fred também tentava na Libertadores se isolar como maior artilheiro brasileiro. Atualmente ele é o segundo, com 25 gols ao lado de Palhinha, ex-jogador Cruzeiro. Luizão é o maior, com 29.