Torcida do Fluminense no Maracanã, em duelo contra o Santos

Torcida do Fluminense no Maracanã (Lucas Merçon / Fluminense F.C.)

LANCE!
11/08/2018
13:47
Rio de Janeiro (RJ)

O Fluminense vai intensificar a verificação da meia-entrada dos torcedores e da gratuidade nos acessos aos jogos da equipe. A medida passa a valer já nesta segunda-feira, no duelo contra o Internacional, no Maracanã, às 20h. O clube divulgou que terá mais rigor ao checar os documentos para comprovar a condição de pagar metade do valor.

Os documentos deverão ser apresentados no ato da compra e no acesso ao estádio. Além disso, os ingressos só podem ser retirados pelo próprio beneficiário, pais ou responsáveis legais. A medida, segundo o clube, visa dificultar a atuação de cambistas e fraudes. Aqueles torcedores que estiverem com a meia-entrada e não levarem o documento comprovando o direito, podem completar o valor e adquirir a inteira no próprio Maracanã.

Possuem o benefício da meia-entrada estudantes de instituições públicas ou particulares do ensino fundamental, médio, superior e pós-graduação, alunos dos cursos supletivo, pré-vestibular e técnico profissionalizante. Além disso, crianças até 12 anos, idosos (acima dos 60 anos) e pessoas com deficiência têm direito à gratuidade. Todos entre 12 e 21 anos têm direito à meia-entrada.

Para compra, retirada e acesso ao estádio, o Fluminense pede um documento de identidade original (RG) ou cópia autenticada, um dos documentos que comprovem o direito ao benefício da meia-entrada. Este pode ser a declaração escolar referente ao ano letivo vigente, carimbada e assinada pela instituição de ensino, carteirinha escolar com foto e dentro do prazo de validade referente ao ano letivo, carimbada pela instituição de ensino, o comprovante de matrícula referente ao ano letivo vigente, carimbado e assinado pela instituição de ensino ou declaração escolar emitida eletronicamente pelo site oficial da instituição de ensino, desde que este documento seja carimbado e assinado pela instituição.