Pedro Abad

(Foto: Nelson Perez/Fluminense F.C.)

LANCE!
06/07/2018
18:16
Rio de Janeiro (RJ)

O Fluminense recorreu a um empréstimo e começou a quitar parte dos salários que estavam em atrasos nesta sexta-feira, data limite da promessa feita pela diretoria. A ideia é pagar os débitos referentes a maio no sistema CLT, inclusive, de funcionários.

A informação foi publicada, primeiramente, pelo "Globoesporte.com" e confirmada pelo LANCE!

Este não é o primeiro empréstimo feito ao clube para que pudesse regularizar vencimentos. Recentemente, o Tricolor utilizou do mesmo recurso para quitar a dívida que tinha em relação aos direitos de imagem dos jogadores.

Na reapresentação do elenco, durante a paralisação do Campeonato Brasileiro, o presidente Pedro Abad esteve no centro de treinamento, na Barra da Tijuca, para um conversa com o elenco e disse que a expectativa era de que os salários fossem pagos até dia 4, podendo chegar até dia 6.

A crise financeira pela qual o clube passa atingiu não apenas o departamento de futebol, mas diversos outros setores, o que fez com que muitos funcionários do Tricolor ficassem com os vencimentos em atrasos e, alguns, tivessem de ter ajuda monetária de atletas.