Sede das Laranjeiras

PM teve de ser acionada para contar protesto nas Laranjeiras (Foto: Alexandre Araújo)

LANCE!
04/07/2018
20:16
Rio de Janeiro (RJ)

Depois do violento protesto nas Laranjeiras, na noite da última terça-feira, o Fluminense publicou uma nota de repúdio aos atos praticados por alguns torcedores, que, inclusive, tentaram invadir a sede do clube.

No documento, o Tricolor ressalta que as ações, que aconteceram durante a reunião do Conselho Deliberativo, colocaram em risco funcionários, sócios e conselheiros. Além disso, informou que imagens de câmeras do clube foram enviadas às autoridades para investigações.

Veja a nota na íntegra:

"O Fluminense FC vem a público lamentar e repudiar o novo episódio de violência protagonizado por torcedores do clube em frente à sede das Laranjeiras, na noite desta terça-feira, quando uma manifestação se transformou em tentativa de invasão da sede durante reunião do Conselho Deliberativo.

Ocorrências como esta colocam em risco o patrimônio do clube e, acima de tudo, a segurança dos presentes, sejam conselheiros, sócios, funcionários, além de moradores da região e policiais destacados para conter os incidentes. O Fluminense informa que imagens do ocorrido já foram enviadas às autoridades policiais e serão igualmente encaminhadas ao Ministério Público, de forma a identificar os envolvidos e apurar suas responsabilidades.

O clube também entregou às autoridades já mencionadas material contendo ameaças, intimidações e incitações à violência relacionadas a eventos sociais futuros na sede tricolor, e reforça que continuará monitorando e compartilhando tais conteúdos, sempre com o objetivo de impedir que essas cenas lamentáveis voltem a acontecer mas também com o propósito de identificar e responsabilizar seus autores".