Academia do Fluminense personalizada

Sala de musculação do CT Carlos Castilho vai seguir vazia (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)

LANCE!
01/04/2020
16:19
Rio de Janeiro(RJ)

Os jogadores do Fluminense iniciaram, nesta quinta-feira, um período de 20 dias de férias coletivas. A paralisação de todas as competições nacionais em razão da pandemia do coronavírus, ainda sem data para serem retomadas, motivou a decisão da diretoria tricolor. O recesso, no entanto, não será sinônimo de descanso. Os jogadores receberam orientações dos profissionais de várias áreas do clube para que mantenham o condicionamento físico em casa. 

O clube das Laranjeiras já havia suspendido todas as atividades presenciais desde o dia 16 de março. Antes do recesso, profissionais do Tricolor com preparadores físicos, fisiologistas, psicólogos e nutricionista, prepararam cartilhas com medidas a serem seguidas pelos atletas, além das orientações das autoridades públicas de saúde.  As recomendações seguem vigentes para as férias. 

O clube chegou a disponibilizar kits com material necessário para que cada jogador pudesse praticas os exercícios propostos em casa.  A comissão técnica não esconde a preocupação com a as perdas musculares doa atletas, sem as atividades presenciais.

O Fluminense também negocia a redução de salários dos jogadores, com o objetivo de amenizar os prejuízos decorrentes do período de inatividade. Até o momento, não houve acordo entre as partes.