Daniel

Daniel tenta repetir sucesso no profissional (Foto: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.) 

Marcello Neves e Sergio Santana
06/04/2019
07:00
Rio de Janeiro (RJ) 

Há 52 dias, Flamengo e Fluminense se enfrentaram pela semifinal da Taça Guanabara. O Tricolor, sem contar com Paulo Henrique Ganso, teve Daniel como titular. Resultado? Classificação. Neste sábado, as equipes voltam a se enfrentar, novamente sem o camisa 10 e com o 20 tendo a responsabilidade de guiar o Tricolor. Cenário repetido, mas são outras coincidências que o meia quer trazer para o profissional. 

Mesmo com apenas 23 anos, Daniel sabe como é disputar um Fla-Flu decisivo. Foi assim no profissional, no primeiro turno, mas também nos inúmeros jogos que realizou na base. Camisa 10 nas categorias sub-17 e sub-20, era conhecido por ter boas atuações contra o rival. Já decidiu clássicos com direito a gol "quase olímpico" e eliminação no Brasileirão. A expectativa é repetir a dose no Maracanã, na categoria principal. 

- Me recordo mais de um (Fla-Flus marcantes na base). No sub-17, na Gávea, fomos campeões ganhando o título na casa deles. Também no sub-17, teve um clássico que fiz um gol de escanteio, que desviou no zagueiro e quase foi olímpico. Depois, marquei mais um. Praticamente fiz dois gols naquela partida. No Brasileirão Sub-20, ganhamos em Moça Bonita e na Gávea, e conseguimos a classificação em cima deles - declarou.

Daniel
Daniel em ação pelo Sub-17 (Foto: Arquivo Pessoal)

Todos os clássicos lembrados por Daniel foram decisivos nas campanhas do Fluminense. No Sub-17, disputou o seu primeiro clássico na categoria, com apenas 16 anos. Na ocasião, só não marcou um gol olímpico pois o zagueiro desvio a bola próximo de entrar. No placar, a vitória por 2 a 1 classificou o Fluminense no Campeonato Carioca. 

No Sub-20, Daniel terminou como campeão brasileiro da categoria e as partidas em questão foram válidas pela segunda fase do torneio, que reuniu oito clubes divididos em dois grupos, com o primeiro de cada se garantindo na final. A chave do Fluminense contava com Flamengo, Vasco e Palmeiras.

Na primeira rodada, em Moça Bonita, vitória do Fluminense sobre o Flamengo por 1 a 0, com Daniel participando diretamente do gol marcado. Na sexta rodada, o Tricolor venceu por 2 a 0, e o camisa 10 colocou uma bola na trave na ocasião. No fim da segunda fase, Fluminense classificado e, posteriormente, campeão, derrotando o Vitória na final.

Daniel
FOTO DE MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC.

Depois de se destacar em todas as categorias de base diante do Flamengo, Daniel terá a chance de repetir a dose no nível principal do clássico. Sem Paulo Henrique Ganso, o camisa 20 será o responsável pela organização do meio-campo da equipe de Fernando Diniz.