Douglas marcou um dos gols do Fluminense x Esporte Clube Resende

Douglas foi capitão quando foi titular com Abel Braga neste ano (Foto: Mailson Santana/Fluminense F.C.)

LANCE!
08/07/2018
06:45
Rio de Janeiro (RJ)

A paralisação do Campeonato Brasileiro foi movimentada no Fluminense: teve chegada de dirigente, troca de treinador e apresentação de reforços. E em meio a tudo isso, uma cria das categorias de base vive a expectativa de retomar o espaço no time. Nos primeiros testes de Marcelo Oliveira, que deixará para trás o 3-5-2 de Abel Braga, Douglas esteve entre os titulares e chegou a ser testado em uma nova função, mais avançado, ao lado de Sornoza.

Por outro lado, fora dos gramados, há um clima de incerteza quanto ao futuro. O Corinthians analisa a situação do jogador e o vê como um possível substituto de Maycon, vendido ao Shakhtar Donetsky, da Ucrânia.

Enquanto isso, Douglas busca, agora sob o comando de Marcelo Oliveira, um recomeço no Fluminense. Uma crise de artrite reativa (doença reumática que causa inchaço nas articulações após grande esforço físico), detectada ainda no ano passado, e uma grave amigdalite, o fizeram perder espaço no começo da temporada e ele viu Jadson e Richard serem os titulares.

Pouco antes da paralisação do Campeonato Brasileiro para a realização da Copa do Mundo, porém, Abel Braga o colocou como titular em alguns jogos e o volante foi, inclusive, capitão - mais um das provas da confiança que o ex-treinador tricolor tinha nele.

Agora, nestes primeiros testes, Marcelo Oliveira dá indícios de que Douglas possa ser um das peças do meio do novo time do Fluminense, que pode passar a atuar no 4-2-3-1. Ele seria um dos jogadores desta terceira linha do esquema, ao lado de Sornoza e de um jogador mais pelas pontas, como Marcos Júnior, Luciano ou Robinho.