Robinho Fluminense

FOTO LUCAS MERÇON/FLUMINENSE F.C.

LANCE!
12/07/2018
06:55
Rio de Janeiro (RJ)

Um ano de clube é tempo mais que suficiente para mostrar serviço. E o 'prazo de validade' de Robinho estava chegando ao fim no Fluminense. Contratado em agosto de 2017 para ser substituto de Richarlison, o atacante nunca se firmou como titular e parecia ter seus dias contados no clube. Mas a chegada de Marcelo Oliveira no comando pode mudar a história do jogador nas Laranjeiras.

Nos primeiros amistosos realizados pelo novo treinador no CT Pedro Antonio, o atacante foi escalado ao lado de Pedro em novo esquema, bem diferente daquele de Abel Braga. Se no ano passado o Tricolor atuava no 4-3-3, com atacantes abertos nas pontas, e no primeiro semestre deste ano jogou no 3-5-2, agora o esquema é mais simples. Marcelo Oliveira testa o 4-4-2, onde Robinho pode atuar na sua função original, de segundo atacante ao lado de um centroavante - no caso, Pedro.

Nesta temporada, Robinho tem apenas cinco jogos iniciados como titular. Em apenas um deles, jogou por 90 minutos. As partidas nas quais começou jogando foram com time alternativo, poupando titulares. No ano passado, o aproveitamento foi ainda pior: apenas um jogo como titular e logo em seguida uma sequência de três jogos esquentando o banco. A expulsão-relâmpago na estreia e uma lesão no pé também prejudicaram sua passagem pelo clube em 2017.

Para a volta do Brasileirão, contra o Vasco, no dia 19, Robinho deve começar como titular. Contando os onze meses de clube, foram apenas três gols marcados e uma sensação de que falta algo para engrenar. Quem sabe o 'empurrãozinho' não seja um novo treinador para extrair seu potencial?