Montagem - Aiton, Duílio e Cadu

Aílton, Duílio e Cadu foram campeões como jogadores do Fluminense (Foto: Reprodução)

Joel Silva
26/06/2019
17:29
Rio de Janeiro (RJ)

Ao ser eleito como presidente do Fluminense, Mário Bittencourt afirmou que iria reforçar o clube com profissionais com pele tricolor e isso está sendo seguido à risca. Após o retorno de Marcão para o cargo de auxiliar técnico permanente dos profissionais, mais três ídolos do passado chegaram ao clube, só que para trabalhar em Xerém.

O Fluminense anunciou que Aílton, Duílio e Cadu são os novos coordenadores técnicos das categorias sub-20, sub-17 e sub-15, respectivamente. A diretoria informou que as contratações dos ex-jogadores visam o fortalecimento da cultura tricolor, servindo como exemplos para as novas gerações de jogadores. Além de terem sido campeões pelo Fluminense, fora de campo também possuem qualificações para exercerem as funções.

Aílton

Como jogador. defendeu o Fluminense entre 1995 e 1996, sendo o responsável pelo chute que encontrou a barriga de Renato Gaúcho, no gol que deu o título carioca ao Tricolor, sobre o Flamengo, 14 anos atrás.

Como treinador, possui a Licença A da CBF Academy, para atuar com técnico, além da formação como técnico pela Escola Brasileira de Futebol (EBF). Estagiou no Barcelona e também no Real Madrid, em 2012.

Ao todo dirigiu dez clubes: América-RJ, Cabofriense, Volta Redonda, Resende, Duque de Caxias, Audax-RJ, Tupi-MG, Brasiliense e Portuguesa-RJ. Também foi assistente técnico do Goiás, Figueirense, Kashima Antlers (JAP), Flamengo e Ponte Preta.

Duílio

O ex-zagueiro fez parte do elenco do Fluminese entre 1983 e 1985 e foi bicampeão estadual (83-84) e campeão brasileiro (84).

Em seu currículo, diversos cursos: Treinador de Futebol Níveis 1 e 2, A.F. Lisboa – Portugal, além do Curso de Futebol pelo Sindicato dos Treinadores de Futebol Profissional do Rio de Janeiro, se especializando em como Organizar e treinar categorias Profissionais e de base, Organização do Futebol, Psicologia Esportiva e Arbitragem no futebol.

Como treinador e assistente, Duílio comandou nos seguintes clubes: Belenenses (POR) (estágio), América-RJ, Fluminense (auxiliar técnico), Anapolina, Nova Iguaçu, Qadsia Sporting Club (Kuwait), Kazakhmys F.A. (Cazaquistão), Portuguesa-RJ, Emirados Árabes Unidos (UAE), Rio Branco-ES e Bonsucesso.

Cadu

Jogou no Fluminense entre os anos de 1994 e 1998, conquistanto o Carioca de 1995. Possui formação como técnico concluída em 2011, pelo Sindicato de Treinadores de Futebol do Estado do Rio de Janeiro. Excerceu as funções de coordenador (2013-2014) e diretor de futebol (2015) no Audax-RJ.