LANCE!
17/01/2018
20:17
Saquarema (RJ)

O Fluminense estreou da pior forma: estreia precoce de garotos e derrota para um clube de menor expressão. Mas, é verdade, o treinador teve poucas opções à disposição. O elenco foi improvisado às pressas e muito por conta da antecipação dos horários da partida - passou de 20h30 para 16h30. Ele questiona a Ferj, federação responsável pelo Campeonato Carioca.

- Estamos no horário de verão, por quê 16h30? Por que o jogo não foi às 17h30? Jogo estava marcado para 20h30 e passsaram para esse horário. Não dá para entender - reclama Abel, que ironiza depos.

- A federação é 'ótima', 'brilhante'. Não está vendo essa confusão que está tendo com as substituições? Hoje pude trazer 12 para o banco. Tem jogo que não vai poder porque não tem 12 lugares no banco. Está maravilhoso... Tenho que me preocupar é com meu time.

O questionamento de Abel é sobre a nova medida da competição: cinco substituições possíveis. Por isso, preencheu o banco de garotos do sub-20, que nunca jogaram no profissional. Ele isenta os atletas pelo mau resultado, e destaca a personalidade que tiveram em campo.


- Não posso esquecer de enaltecer que esses meninos só treinaram dez minutos ontem. Coloquei jogadores que nunca treinaram juntos, fizemos um primeiro tempo muito legal, com mais oportunidades, mas erramos em dois lances cruciais. E acho que estávamos jogando para o empate pelo menos. É um turno muito curto, e temos agora quatro jogos para nos recuperar.