Fluminense x Flamengo - Filipe Luís

'Talvez se fosse anos atrás, com a pressão da torcida, poderia anunciar um novo treinador só por anunciar', diz lateral-esquerdo (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

LANCE!
30/07/2020
19:56
Rio de Janeiro (RJ)

Enquanto o torcedor do Flamengo está em contagem regressiva pela definição de Domènec Torrent como novo comandante do clube, o otimismo marca a rotina do elenco. Em entrevista divulgada pelo "Canal 11", de Portugal, nesta quinta-feira, o lateral-esquerdo Filipe Luís falou que está disposto a ser um "intérprete" informal entre os jogadores e o futuro técnico rubro-negro. 

- Ah, claro. Se precisar, com certeza. Sinceramente, não sei se já houve assinatura. Se ele vier, vai ser muito bem recebido. É mais aprendizado para nós - afirmou.


O jogador de 34 anos valorizou a conduta da cúpula rubro-negra ao buscar o sucessor de Jorge Jesus. Aos seus olhos, a cautela será crucial para definir o novo treinador.

- Estou orgulhoso com o Flamengo, com a forma como está buscando o novo treinador. Não houve pressa, estão analisando a filosofia de cada nome. Talvez se fosse anos atrás, com a pressão da torcida, poderia anunciar um novo treinador só por anunciar - e, em seguida, ressaltou:

- O Flamengo tem que atacar o tempo todo, a torcida pede isso. Não podemos, por exemplo, ter um treinador que priorize o contra-ataque - completou.

Domènec Torrent foi assistente de Pep Guardiola em trabalhos no Barcelona, no Bayern de Munique e Manchester City. Depois, engatou sua carreira como treinador e conseguiu uma grande campanha à frente do New York City FC na Major League Soccer (MLS) entre 2018 e 2019.

Torrent assinará contrato com o Rubro-Negro até dezembro de 2021. Faltam apenas entraves burocráticos para que o acordo seja selado.