Domenic Torrent

Torrent já se mostrou empolgado para treinar o Flamengo (Foto: Divulgação / New York City)

LANCE!
24/07/2020
15:07
Rio de Janeiro (RJ)

No início da tarde desta sexta-feira, Bruno Spindel, diretor executivo de futebol do Flamengo, embarcou rumo a Portugal para se encontrar com Marcos Braz, vice-presidente da pasta. É o "elenco" rubro-negro, que acumula êxitos nas empreitadas europeias, para trazer o substituto de Jorge Jesus ao Brasil. E há mais uma reunião confirmada: com Domènec Torrent, ex-auxiliar de Pep Guardiola, que garantiu a qualidade e o preparo do treinador. (Confira no vídeo abaixo). O encontro ocorrerá neste sábado, em Madri (Espanha).


A respeito da conversa marcada com o treinador espanhol, a informação inicial é do repórter Renan Moura, da "Rádio Globo". Aos entusiastas do nome, anima o fato de Torrent, em entrevista recente ao jornalista italiano Gianluca Di Marzio, ter classificado o Flamengo como "um dos maiores clubes do mundo".

Livre no mercado desde que deixou o New York City FC, da MLS (entre 2018 e 2019), Domènec Torrent, de 58 anos, afirmou ainda que conhece com profundidade os jogadores do Fla.

- Eu gosto de me manter atualizado sobre o futebol ao redor do mundo. Então, vi muitas partidas do Campeonato Brasileiro no último ano. Conheço perfeitamente a equipe que eles (Flamengo) têm - falou, antes de salientar:

- Também leio os jornais, sei dos rumores, mas não fui contactado diretamente. Na América do Sul, tenho um colaborador de confiança, que me advertiu que poderia haver interesse da parte deles. Mas até hoje não falei com ninguém. A minha prioridade é treinar um grande clube. O Flamengo é um dos maiores ao redor do mundo.

Pep Guardiola e Domènec Torrent nos tempos de Bayern de Munique
Pep teve Torrent como auxiliar também no Bayern; por lá, ambos trabalharam com o lateral Rafinha (Foto: Divulgação)

ELOGIOS DE RAFINHA

O lateral-direito Rafinha, um dos líderes do atual plantel do Flamengo, trabalhou com Torrent nos tempos de Bayern de Munique - onde o espanhol auxiliou Guardiola, assim como no Manchester City e Barcelona. O defensor foi só elogios ao possível novo comandante: "sabe tudo e mais um pouco de bola".

- Foram três anos que trabalhamos juntos no Bayern, depois ele foi para o City com o Pep. É aquela história, ele é da escola do Cruyff, né? É um cara que sabe tudo e mais um pouco de bola. No Bayern, os treinamentos quem dava era ele, o Guardiola ficava só corrigindo e tal. É um cara que dispensa comentários - falou Rafinha, em entrevista ao canal "ESPN Brasil".

DOMINGO TEM MAIS REUNIÃO

Já no domingo, conforme o LANCE! informou anteriormente, é a vez do português Carlos Carvalhal, treinador do Rio Ave, se reunir com Braz e Spindel. 

Não é possível que a cúpula rubro-negra se encontre com Carvalhal antes de sábado, pois, com o Rio Ave envolvido na disputa por uma vaga na Liga Europa da próxima temporada, haverá jogo da equipe de Vila do Conde contra o Boavista neste dia 25. O time do comandante monitorado pelo Fla está em sexto colocado, com um ponto a menos que o Famalicão, precisando vencer e torcer contra o adversário para conquistar o lugar no torneio europeu.

Leonardo Jardim, compatriota de Carlos Carvalhal e sem clube atualmente, é outro nome entre os prediletos da diretoria do Fla. No entanto, ainda não há reunião agendada com o técnico ex-Monaco. 

A aguardar se postura à la "gelo no sangue" de Marcos Braz e Bruno Spindel definirá um nome até o início do Campeonato Brasileiro, em que o Flamengo estreia no dia 9 de agosto, contra o Atlético-MG, no Rio. Por enquanto, Maurício Souza, treinador do sub-20, comanda as atividades no Ninho do Urubu.