LANCE!
15/07/2020
23:42
Rio de Janeiro (RJ)

O Flamengo confirmou o favoritismo e alcançou o seu 36º título estadual da história. No Maracanã, o Rubro-Negro venceu por 1 a 0, com gol de Vitinho no apagar das luzes, pela partida de volta do Campeonato Carioca. Logo depois do apito final, de ser erguido e ter o seu nome ecoado pelo elenco, Jorge Jesus foi ao microfone da FlaTV e comemorou mais uma taça pelo clube.

Sobre o futuro, o Mister não foi perguntado e, consequentemente, não respondeu se permanecerá no Fla ou se aceitará a proposta do Benfica - o que tem causado aflição ao torcedor nos últimos dias. 

- Primeiro lugar, parabéns para o Flamengo e também para o nosso rival, que foi muito competente e nos obrigou a jogar dentro dos limites. É verdade que nos faltou alguma criatividade da primeira linha ofensiva, mas é mérito do Fluminense. Nosso objetivo era vencer esse troféu, o último que faltava, principalmente eu que nunca ganhei um estadual.

Jesus também admitiu que o nível de rendimento da sua equipe ainda não está no patamar da temporada passada. 

- A equipe tem que melhorar, ainda não atingiu o nível do ano passado. Nossos quatro jogadores de ataque não estão no nível do ano passado, nem um pouco mais ou menos. Cada vez somos uma equipe mais difícil de sofrer um gol, nos defendemos melhor e somos organizados. Jogamos no limite do risco - disse, comentando acerca do título conquistado sem a presença da Nação:

- As decisões no Maracanã têm sido frequentes, vencemos a maioria. São seis títulos em praticamente um ano e poucos dias (contando a Taça Guanabara). É algo incrível. Mas sentimos muito a falta dos nossos torcedores. Equipes como o Flamengo, que têm grandes torcedores, são as que sofrem mais. O Flamengo não é essa mesma equipe quando não temos 70 mil - finalizou.

Agora, Jesus soma seis taças (levando em consideração a da Taça Guanabara, o primeiro turno do Carioca) e cinco títulos pelo Flamengo: Carioca, Brasileiro, Libertadores, Supercopa do Brasil e Recopa Sul-Americana. 

Jorge Jesus - Flamengo x Fluminense
Jesus falou após o jogo (Foto: Marcelo Cortes / Flamengo)