Max (Flamengo)

Max defenderá o Colorado Rapids, dos Estados Unidos (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)

LANCE!
25/01/2022
19:50
Rio de Janeiro (RJ)

César e Max não têm mais vínculo com o Flamengo. A rescisões de ambos foram publicadas nesta terça-feira no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF. O goleiro, vale lembrar, estava há 12 anos na Gávea, e o meio-campista chegou ao clube para integrar o time sub-20 depois de se destacar pelo Tupi.

> Veja imagens do Luso-Brasileiro, casa do Flamengo no Campeonato Carioca

No caso do meia, Max foi vendido pelo Flamengo ao Colorado Rapids, da Major League Soccer. Ele, inclusive, foi anunciado pelo time dos Estados Unidos no começo deste ano. 

O negócio foi concretizado por 1 milhão de dólares (cerca de R$ 5,6 milhões na cotação da época), sendo 750 mil dólares (aproximadamente) à vista e o restante, ao fim da temporada da MLS, após cumprimento de metas - como 15 jogos pelo novo clube.

Através do acordo, o Flamengo permanece com 20% dos direitos econômicos do meia de 20 anos visando uma futura transação (saiba mais).

Max - Rescisão
Rescisão de Max no BID (Foto: Reprodução/CBF)

> Veja e simule a tabela do Cariocão

César - Rescisão
Rescisão de César no BID (Foto: Reprodução/CBF)

Já o goleiro, que tinha contrato até abril deste ano, entrou em acordo com o Flamengo para rescindir de forma amigável. Formado no Ninho do Urubu, César subiu ao time profissional com expectativa de conquistar espaço como titular do gol do Fla.

A estreia do arqueiro foi em 2013, mas ele não conseguiu uma sequência que o credenciasse à posição. No total, foram 72 jogos disputados com o Manto. Mesmo assim, César fez parte do elenco que conquistou três Cariocas, dois Brasileiros, uma Copa do Brasil, uma Libertadores, uma Recopa Sul-Americana e uma Supercopa do Brasil.

Neste período, ele foi emprestado pelo Flamengo apenas em 2016, à Ferroviária e à Ponte Preta. Em 2021, o goleiro passou por duas cirurgias no joelho direito, sendo o último procedimento realizado no dia 6 de dezembro.