Flamengo x Athletico-PR

Os zagueiros Natan e Gabriel Noga, ao fundo, se destacaram no Flamengo (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

Matheus Dantas
05/10/2020
06:30
Rio de Janeiro (RJ)

Após o surto de Covid-19 atingir o elenco do Flamengo, os quatro principais zagueiros já estão recuperados e à disposição de Domènec Torrent. Nas ausências destes, Noga e Natan foram alçados ao time titular e cumpriram seus papéis, formando uma boa dupla diante do Independiente Del Valle (EQU) e Athletico. Assim, somam-se ao leque de opções do treinador, além de "forçar" uma resposta dos mais experientes, especialmente os reforços para esta temporada que ainda não se provaram como titulares absolutos na equipe.

- Nós confiamos muito neles e mostraram que estão preparados - afirmou Jordi Gris, antes de ser questionado diretamente sobre o desempenho de Natan:

- Tanto o Natan, quanto o Noga, como Otavio e Guilherme Bala têm um futuro muito grande e sabemos que podemos contar com eles. Mostraram qualidade.

Já contra o Athletico, o Flamengo contou com os retornos de Rodrigo Caio, Léo Pereira e Thuler, todos recém-recuperados após serem infectados pela Covid-19. Por terem ficado afastados das atividades por cerca de 10 dias, a opção da comissão técnica foi mantê-los entre os reservas, enquanto Gustavo Henrique sequer foi relacionado. Para o jogo contra o Sport, na quarta, o cenário muda.

Rodrigo Caio, convocado por Tite para a Seleção Brasileira, será desfalque. Os demais, com dois dias de treino pela frente, estão à disposição de Dome, que também retorna ao dia a dia no CT do Ninho do Urubu nesta segunda-feira.

Entre os garotos, o mais experiente é Natan, de 19 anos. Gabriel Noga e Otávio têm 18 e fazem parte do grupo Sub-20 do Flamengo. Ainda não há planejamento para o trio - ou um deles - ser integralmente levado ao elenco principal, mas, diante de desfalques, podem sim ser aproveitados eventualmente por Dome. A impressão deixada pelos jovens foi excelente.