Flamengo x Goiás

Brasileirão: Flamengo enfrenta o Fluminense às 18h deste domingo (Foto: Marcelo Cortes / Flamengo)

Lazlo Dalfovo
26/05/2022
06:55
Rio de Janeiro (RJ)

O Flamengo se reapresenta nesta quinta-feira, no Ninho do Urubu, e, além das dores de cabeça quanto à posição de goleiro, Paulo Sousa vive um dilema a respeito da formação ofensiva da equipe que enfrentará o Fluminense. O clássico será realizado às 18h deste domingo, pela oitava rodada do Brasileiro, no Maracanã.

+ Confira como foram as participações do Flamengo nas fases de grupos da Libertadores

Do meio para frente, são seis vagas. A dúvida principal para o Fla-Flu é a seguinte: o Flamengo jogará com dois meio-campistas e voltará com Pedro ao banco, ou terá novamente um time com apenas um volante, como ocorreu diante do Goiás, para priorizar as peças ofensivas?

Contra o Esmeraldino, na rodada passada, apenas Arão atuou como volante. Everton Ribeiro, Arrascaeta e até Gabigol foram os responsáveis por flutuar por trás de Bruno Henrique e Pedro e municiá-los.

Como o jogo contra o Fluminense de Fernando Diniz tende a ser mais equilibrado, incluindo em relação à posse de bola, o Flamengo correria mais riscos e cederia mais espaços se repetisse a formação que derrotou o Goiás. Ao menos em tese.

Flamengo x Goiás - Pedro
Titular nos dois últimos jogos, Pedro tem cinco gols nos últimos seis jogos pelo Flamengo (Foto: Marcelo Cortes / Flamengo)

No entanto, a ótima fase de Pedro, autor de cinco gols nos últimos seis jogos, o ampara para ser mantido entre os 11. E qual estrela seria barrada se o camisa 21 seguisse como titular? O questionamento irá pairar sobre o Ninho do Urubu nos próximos dias.

Vale sublinhar que a equipe de Paulo Sousa tem correspondido com Gabigol e Pedro no comando de ataque. Inclusive, o técnico elogiou o entendimento e "comprometimento" tático da dupla:

- O Gabi, também já disse na última coletiva, tem mostrado uma capacidade de entendimento de jogo e uma oferta tática muito interessante também para o meu colega Tite poder analisar e usufruir. O comprometimento dos dois é fundamental para que o processo de ter os dois atacantes em campo seja mais consistente.

> Veja a tabela do Brasileirão

Todas as peças citadas acima tiveram, de certa forma, minutagens reduzidas no jogo passado - vitória sobre o Sporting Cristal, pela Libertadores - justamente para preservá-los visando o Fla-Flu. Ou seja, boas e saudáveis opções para atacar não faltarão para um pressionado Paulo Sousa superar o Tricolor.