Paquetá Flamengo Seleção Brasileira

Jogadores iniciaram recuperação física durante o voo para o Brasil (Foto: Reprodução do Instagram)

LANCE!
12/09/2018
13:09
Rio de Janeiro (RJ)

A Seleção Brasileira entrou em campo e bateu El Salvador pelo placar de 5 a 0 nos Estados Unidos, nesta terça-feira. E, logo após a partida, começou a "Operação Resgate". Depois da vitória da Seleção, Lucas Paquetá, Dedé e Cuéllar (que atuou pela seleção colombiana contra a Argentina) embarcaram em um voo, fretado pelas diretorias de Flamengo e Cruzeiro, e chegaram no início desta tarde ao Brasil para disputar as partidas de logo mais pela Copa do Brasil.

O "resgate" começou logo após o término das partidas do Brasil e da Colômbia. Como combinado previamente pela alta cúpula dos clubes, o avião buscou Cuellár primeiramente em Nova Jersey, onde a Colômbia empatou em 0 a 0 com a Argentina, e depois foi até Washington, onde Lucas Paquetá e Dedé estavam aguardando para se juntar ao voô e seguir viagem ao Brasil.

Na partida de terça-feira, o volante colombiano atuou por 61 minutos e pode ser uma dúvida para Mauricio Barbieri, devido ao desgaste físico. Outro problema é a situação dessa posição no campo, visto que Piris, substituto imediato de Cuellár, não está inscrito na Copa do Brasil. Rômulo, que não tem muito prestígio da torcida Rubro-Negra, e Ronaldo, são outras peças para o setor.

As situações de Lucas Paquetá e Dedé também preocupam com relação à integridade física. No entanto, ambos atuaram por menos tempo do que Cuéllar - Lucas Paquetá por 40 minutos e Dedé nos primeiros 45. O Flamengo enviou um fisioterapeuta para acompanhar os atletas no voo e, já no trajeto para o Brasil, os jogadores utilizaram um equipamento que acelera a recuperação muscular.

Paquetá e Cuéllar desembarcaram primeiro no Rio de Janeiro e depois o avião seguiu viagem para deixar Dedé em São Paulo. Nesta quarta-feira, o Flamengo encara o Corinthians, às 21h45, no Maracanã e o Cruzeiro vai até São Paulo enfrentar o Palmeiras, também no mesmo horário. As partidas são válidas pelo jogo de ida das semifinais da Copa do Brasil.

No desembarque no Aeroporto do Galeão, Lucas Paquetá concedeu rápidas palavras:

- Quero jogar sempre. Mas ainda vamos conversar e ver o que vai ser decidido. - falou o meia ao Globo Esporte.