Diego Flamengo

Diego, atualmente com 33 anos, renovou com o Flamengo até o fim de 2020 (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)

Fabio Chiorino e Rodrigo Borges
23/01/2019
09:05
São Paulo (SP)

O Flamengo fez festa para anunciar a renovação de contrato do meia Diego Ribas, agora com vínculo até 2020. Porém, desde que surgiu uma proposta do Orlando City, da MLS, que acabou não avançando, se discute se o jogador ainda é realmente útil ao Rubro-Negro. As estatísticas mostram sua importância, mas seus dois últimos anos em campo dividiram as opiniões dos torcedores. Isso porque se esperava um protagonismo maior de Diego como camisa 10 do time, o que, de fato, não se confirmou em momentos mais decisivos. Isso não significa, entretanto, que se tornou uma peça descartável, mesmo com todo o barulho provocado pela chegada do uruguaio Arrascaeta. Com o mercado feito até aqui, o Flamengo já tem condições de montar dois grupos bastante competitivos para uma temporada longa, repleta de torneios expressivos. Parece improvável que Abel Braga use dois meias centralizados e isso pode até mesmo significar a saída de Diego do time titular. Mas, se o treinador conseguir administrar as vaidades, como Felipão conseguiu no Palmeiras em 2018, lá estará Diego, um líder do elenco e ainda capaz de contribuir tecnicamente para um clube com enormes ambições pela frente.

Quer ler mais opinião e informação todos os dias? O LANCE! Espresso é uma newsletter gratuita que chega de manhã ao seu e-mail, de segunda a sexta. É uma leitura rápida e saborosa como aquele cafezinho de todos os dias, que vai colocar você por dentro das principais notícias do esporte. A marca registrada do jornalismo do LANCE!, com análises e contextualização de Fabio Chiorino e Rodrigo Borges. Clique aqui e inscreva-se.