Pedro, Filipe Luís, Bruno Henrique e Hugo Souza

Sem tempo para descanso: Flamengo vai para a quarta partida em nove dias (Foto: Marcelo Cortes/CRF)

LANCE!
18/10/2020
07:30
Rio de Janeiro (RJ)

O Flamengo está em uma maratona de jogos desde o início de setembro, mas, a partir do último dia 10, o calendário tornou-se uma "autêntica loucura", como o técnico Doménec Torrent classificou. Neste cenário, o time faz neste domingo o quarto jogo em nove dias e, diante do Corinthians, defende uma série invicta de oito partidas. O duelo na Neo Química Arena, às 16h, é válido pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro e terá transmissão em tempo real do LANCE!.

Soma-se ao desgaste pela sequência de jogos e ao revezamento imposto por Dome os desfalques por lesões: seis no total. Assim, a equipe do Flamengo é uma incógnita. A ideia do técnica, mais uma vez, e escalar o melhor possível.

- Vocês sabem o que aconteceu no último mês. A questão da covid-19. O que posso falar sobre isso? Estou muito orgulhoso. O time é maravilhoso. O esforço que o time fez é maravilhoso. Foi uma loucura o que aconteceu. Tento fazer o melhor time possível - avaliou Domènec Torrent após o empate de quinta-feira.

LIDERANÇA EM JOGO

Com 31 pontos, o Flamengo entra na 17ª rodada na terceira posição pelo saldo de gols e números de vitórias. Atlético-MG e Internacional, que somam os mesmos 31 pontos, estão em primeiro e segundo lugar, respectivamente.

O Colorado entra em campo neste domingo, mas às 18h15: recebe o Vasco no Beira-Rio, em Porto Alegre. O Galo, por sua vez, joga na segunda-feira, às 20h em Salvador, contra o Bahia. Para terminar a rodada na liderança, o Flamengo precisa que os rivais ao menos empates, além de vencer o seu compromisso.

AJUSTE NA PONTARIA É TRUNFO PARA VENCER

Contra Bragantino e Goiás, o Flamengo fez valer o mando de campo e foi dono dos jogos no Maracanã. Além da posse de bola e da ocupação do campo de ataque, o Rubro-Negro finalizou, somando as duas partidas, 50 vezes. Porém, balançou as redes adversárias três vezes, o que chamou a atenção de Dome.

Na Neo Química Arena, diante do Corinthians, é esperado uma dificuldade maior na criação e, consequentemente, menos finalizações. Assim, calibrar a pontaria é um trunfo para o Flamengo conquistar os pontos em São Paulo.

- Jogo contra o Goiás também foi assim (de muitas finalizações, como contra o Red Bull Bragantino). Criamos mais chances e marcamos só dois gols. No outro jogo, você cria só quatro chances e marca três gols. Os técnicos são os gerentes de área a área. O técnico tem uma ideia de como chegar à área. Contra o Del Valle criamos cinco ocasiões e marcamos quatro gols. Estou contente com todos. Trabalhamos as finalizações a cada dia, pois é importante. Mas o que acontece no campo, acontece - analisou Dome após o 1 a 1 no Maracanã.