Samuel Thomas Rosa Flamengo

Uma das dez vítimas do incêndio do Ninho, Samuel Thomas tinha 15 anos (Foto: Reprodução)

LANCE!
27/07/2020
17:25
Rio de Janeiro (RJ)

Uma semana depois de chegar a um acordo a família de Jorge Eduardo, um dos dez atletas das divisões de base do clube que morreram no incêndio no Ninho do Urubu, em fevereiro de 2019, o Flamengo conseguiu acertar com parentes de Samuel Thomas.

A família do último jovem, que tinha 15 anos, era representada pela Defensoria Pública do Rio de Janeiro. Nas redes sociais, Rodrigo Dunshee, vice-presidente jurídico e geral do Flamengo, comentou sobre o acerto e avisou que "em respeito à família", não passará "maiores informações".

- É verdade. Fechamos com mais uma família. Contudo, nos foi pedida máxima discrição. Portanto, em respeito à família, não passarei maiores informações. Nosso compromisso é trabalhar com respeito máximo e a seriedade que esse assunto demanda.

A direção rubro-negra já tinha acertado a indenização com as famílias de Jorge Eduardo, Athila Paixão, Gedinho, Rykelmo (lado paterno), Vitor Izaias e Bernado Pisetta. Ainda restam acordos com as seguintes famílias: Arthur Vinícius, Christian Esmerio, Pablo Henrique e o lado materno de Rykelmo, que entrou com uma ação judicial contra o Flamengo.