Homenagem Flamengo

Leandro ganhou um busto na entrada da Gávea, sede social do Flamengo (Foto: Reprodução)

Alexandre Araújo
23/03/2019
14:49
Rio de Janeiro (RJ)

Leandro, que marcou época na lateral-direita do Flamengo, foi homenageado pelo clube na tarde deste sábado, ao ganhar um busto na Gávea, sede do clube. Ídolo da torcida, ele defendeu Pará e Rodinei, que atuam na ala direita e são alvo de críticas dos rubro-negros.

- Sempre falei que o Flamengo tem bons laterais. Não são excelentes, mas são bons, jogadores voluntariosos, que marcam bem, que apoiam, que estão ajudando de alguma forma - disse ele, que completou:

- Eu gosto dos dois, defendo os dois. Posição complicada, é difícil jogar de lateral. Defendem o Flamengo com honra. Temos de respeitar isso.


Leandro aproveitou ainda para elogiar Rafinha, que está no Bayern de Munique, da Alemanha, mas tem um acerto bem encaminhado para vestir a camisa do Flamengo a partir do meio do ano.

- Bom lateral, excelente. Será um grande reforço, sem dúvida. Flamengo está montando um time - afirmou.

O ex-jogador se mostrou emocionado com a homenagem que recebeu do Flamengo, lembrando ainda a relação que tem com a Gávea.

- Vai ficar eternizado, vai ficar aqui no Flamengo, que sempre considerei minha segunda casa. Queria que fosse aqui a homenagem. Sem dúvida, um dos dias mais felizes da minha vida. Não imaginaria nunca, mas no Flamengo pode esperar tudo. Flamengo é Flamengo - apontou.

Leandro, que até hoje é celebrado pelo Fla x Flu de 1985, pelo Campeonato Carioca, comentou o clássico deste domingo:

- Fla x Flu decisivo. Vou estar lá. Se Deus quiser será um grande jogo. Última vez que estive, Flamengo ganhou. Sou pé quente (risos).

O evento contou com a presença do presidente Rodolfo Landim e do vice Rodrigo Dunshee.