Gabigol leva prêmio de Rei da América

Gabigol, do Flamengo, o "Rei da América" em 2019 (Foto: Divulgação/El País)

LANCE!
31/12/2019
09:25
Rio de Janeiro (RJ)

Gabriel Barbosa é o novo "Rei da América". Na pesquisa do tradicional diário "El País", do Uruguai, o camisa 9 do Flamengo recebeu 45% dos votos e levou mais um prêmio em 2019. Em 2019, o atacante foi o artilheiro da Copa Libertadores e decisivo na conquista do Rubro-Negro, com os dois gols na decisão diante do River Plate, da Argentina, por exemplo. Ao todo, foram nove gols no torneio.

Foram 372 jornalistas consultados pelo "El País" na 34ª edição do prêmio. O pódio foi composto por outros jogadores rubro-negros: o atacante Bruno Henrique, com 22% dos votos, e o meia De Arrascaeta, com 11% dos votos.

Entre os técnicos, o mais votado foi Marcello Gallardo, treinador do River Plate e vice-campeão da Libertadores neste ano. O Muñeco levou o prêmio pela segunda temporada consecutiva: em 2018, os Millionários foram campeões.

Além de Gabigol, Bruno Henrique e Arrascaeta, outros cinco jogadores de clubes brasileiros foram lembrados na votação: Everton (Grêmio), Dani Alves (São Paulo), Soteldo (Santos), Filipe Luís (Flamengo) e Guerrero (Internacional).


O time ideal foi escalado com Armani (River Plate); Rafinha (Flamengo), Rodrigo Caio (Flamengo), Pinola (River) e Filipe Luís (Flamengo); Enzo Pérez (River), Nacho Fernández (River) e Arrascaeta (Flamengo); Everton (Grêmio), Bruno Henrique (Flamengo) e Gabigol (Flamengo), além do técnico Gallardo (River).

Confira a lista completa abaixo:

Gabriel Barbosa / Brasil / 168 votos (45%)
- Bruno Henrique / Brasil / 83 (22%)
- G. De Arrascaeta / Uruguay / 40 (11%)
- Ignacio Fernández / Argentina / 25 (8%)
- Enzo Pérez / Argentina / 21 (5%)
- Éverton Sousa / Brasil / 9 (2%)
- Roque Santa Cruz / Paraguay / 5 (1%)
- Nicolás De La Cruz / Uruguay / 4 (1%)
- Rafael Santos Borré / Colombia / 3 (1%)
- Dani Alves / Brasil / 2 (0.5%)
- Yeferson Soteldo / Venezuela / 2 (0.5%)
- Filipe Luis / Brasil / 1 (0.3%)
- Franco Armani / Argentina / 1 (0.3%)
- Carlos Vela / México / 1 (0.3%)
- Paolo Guerrero / Perú / 1 (0.3%)
- Jorge Pinos / Ecuador / 1 (0.3%)
- Germán Cano / Argentina / 1 (0.3%)
- Rodolfo Pizarro / Argentina / 1 (0.3%)
- Juan F. Quintero / Colombia / 1 (0.3%)
- Franco Armani / Argentina / 1 (0.3%)
- André Pierre Gignac / Francia / 1 (0.3%)