Diego Ribas - Flamengo

O capitão Diego com a taça do Campeonato Brasileiro de 2020 (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

LANCE!
26/02/2021
20:03
Rio de Janeiro (RJ)

Presente na cerimônia do "Prêmio Brasileirão", realizado nesta sexta-feira na sede da CBF, no Rio de Janeiro, o meia Diego, do Flamengo, ressaltou a conquista do bicampeonato nacional pelo Rubro-Negro. Na visão do camisa 10, o clube foi o mais prejudicado com a ausência da torcida - por conta das restrições da pandemia do coronavírus -, mas conseguiu encontrar soluções.

- É um ano atípico. Ninguém foi mais prejudicado que o Flamengo, todos foram, obviamente, mas estamos acostumados a jogar para 60 ou 70 mil pessoas. Isso não aconteceu, mas conseguimos superar as dificuldades. Todas equipes sofreram, e se diferenciaram aquelas que encontraram soluções. Na reta final, nos fortalecemos, conquistamos os resultados e um título que representa muito. Vencer é difícil, se manter é ainda mais - afirmou Diego, ao SporTV.

Além do camisa 10 Diego, o Flamengo também esteve representado no "Prêmio Brasileirão" pelo meia Gerson, um dos destaques da conquista.

O "Prêmio Brasileirão" é uma cerimônia anual organizada pela CBF que elege os principais destaques do Campeonato Brasileiro. Nele, são escaladas seleções com os melhores jogadores e jogadoras do Brasileirão Assaí e do Brasileiro Feminino A-1, além de premiar destaques como artilheiros, revelações, árbitros e outros campeões brasileiros na mesma temporada. com a participação de jornalistas, capitães e treinadores dos 20 clubes da Série A.