Paquetá comemorando pelo Flamengo

Paquetá vem se destacando pelo Flamengo (Foto: Reginaldo Pimenta / Raw Image / Lancepress!)

LANCE!
17/08/2018
13:22
Rio de Janeiro (RJ)

O meia Paquetá, atendendo às expectativas, está convocado para os amistosos da Seleção Brasileira contra Estados Unidos e El Salvador. O jovem, cria da base do Flamengo, afirmou ser um dos dias mais alegres da vida dele e ressaltou que vestir a amarelinha sempre foi um sonho.

- Hoje é um dia para entrar na lista dos mais felizes da minha vida. É um sonho de criança sendo realizado. Claro, agradecer a todos os companheiros e ao Flamengo que me deram suporte para que esse sonho se tornasse realidade - disse.


Apesar da alegria de ver um jogador rubro-negro convocado, a torcida do Flamengo está apreensiva. Isso porque, o jogo contra El Salvador será no dia 11 do mês que vem, um dia antes do primeiro duelo com o Corinthians, pela semifinal da Copa do Brasil. Porém, o camisa 11 fez questão de dizer que vi fazer de tudo para estar em campo pela equipe comandada por Maurício Barbieri.

- É um sonho se realizando. Triste por ter de desfalcar o Flamengo, mesmo o motivo sendo algo de felicidade. Isso é o que mais me incomoda, mas tenho certeza que o Flamengo vai fazer o melhor pela logística e, se possível, quero jogar e vou voltar para dar meu melhor. Sempre sonhei com essa competição. Ano passado, batemos na trave e, agora, temos mais uma chance de estar na semifinal - afirmou.


Veja outros tópicos da coletiva de Lucas Paquetá

Convocação do goleiro Hugo, do Sub-20 do Fla


Estamos todos muito felizes por ele. Isso é fruto do trabalho que estamos fazendo desde a base. O (Carlos) Noval (diretor de futebol) sempre nos incentivou a manter o foco e trabalhar. Com a minha convocação e a do Hugo, todos estão muito felizes

Sistema de jogo do Brasil parecido com o do Fla

Acho que o sistema é parecido. Me sinto à vontade, graças ao Barbieri que vem me ajudando a melhorar nesse sentido. Tenho certeza que vou dar o meu melhor, como estou fazendo no Flamengo, e ajudar a seleção

Venho buscando sempre evoluir meu jeito de jogar, buscando informações que façam do meu jeito de jogar um jeito melhor.

Jogo contra o Atlético-PR

Acho que já descansamos e viramos a chave. É um novo jogo, estamos com a liderança em jogo e queremos buscar isso. Vamos focar, escutar o Barbieri para ajustar alguns detalhes e ir com tudo em busca da liderança.

Estar em primeiro é sempre muito bom e sabemos a importância de fechar o primeiro turno.

Sonho com Seleção

Claro que passa um sonho na cabeça, mas que, olhando quatro anos atrás, fica um pouco distante. Mas o trabalho no dia a dia aqui no Flamengo vai te aproximando de grandes conquistas. Tenho isso na cabeça. Dando o melhor para o Flamengo, vou conquistar grandes coisas.

Tite no Maracanã, na última quarta-feira

Acho que ele estava lá para analisar não só eu, mas como outros jogadores. E se estava lá, é pelo que estamos fazendo pelos clubes, mas nada de diferente. A concentração foi total para o jogo. Sabíamos o quanto era importante a classificação.

Flamengo lutando no Brasileiro, Libertadores e Copa do Brasil

Brigar em mais de uma competição é sempre um pouco mais difícil, mas estamos dispostos a isso. Acho que é isso que define o Flamengo: entrar para vencer. São Paulo vai fazer a parte dele e temos de faze a nossa para retomar a liderança.

Lembrança em relação à Seleção

Acho que a Copa do Mundo de 2006, em Paquertá. Família reunida... Muita alegria e esperança de um dia poder estar lá. Acho que isso que vem à minha cabeça.

Mudanças de posição no Fla

Toda essa mudança de posição fez bem para mim porque, em cada parte do campo que joguei, aprendi alguma coisa. E o jogador que quer atuar em alto nível tem de procurar melhorar o estilo de jogo. Todos os treinadores que passaram, me ajudaram. Hoje, no meio, o Barbieri me deixa muito à vontade. Fico feliz de estar dando meu melhor.

Sempre gostei de jogar nesta parte do meio. Procurei cada vez mais ouvir do pessoal ali de trás para que pudesse entender o mais rapidamente possível.

Inspiração

Minha inspiração sempre foi o Kaká. Tudo que ele viveu. E hoje em dia, meu ídolo é o Neymar. É trabalhar para conquistar tudo que eles conquistaram.

Onde estava na hora da convocação

Estava no dm (departamento médico) fazendo uma recuperação. Estava acompanhando pelo celular e, quando falou meu nome, agradeci a Deus.

Convocação do Pedro

Mandei mensagem para ele desejando sorte. Já jogamos juntos na base. Ficamos felizes um pelo outro.

Foco no Flamengo

Acho que tenho de estar com a cabeça no Flamengo. O que me levou à convocação foi o que fiz no Flamengo, o que o grupo vem fazendo nas competições. Dando meu melhor aqui, ajudando o Flamengo, oportunidade vai estar sempre vindo.

Concorrência na Seleção

Concorrência muito boa. Tem grandes jogadores atuando em grandes clubes. O Brasil está bem servido ali na frente. Tenho certeza de quem entrar, vai fazer o melhor.