Bangu x Flamengo

Vem recorde por aí? Flamengo entra em campo na quarta-feira, contra o Boavista (Foto: Alexandre Vidal/CRF)

Matheus Dantas
28/06/2020
08:00
Rio de Janeiro (RJ)

A decisão de transmitir o jogo contra o Boavista, na próxima quarta, foi celebrada pelo Flamengo como “um grande passo para o futebol brasileiro”, referindo-se à Medida Provisória publicada pelo presidente Jair Bolsonaro no último dia 18. Caso se confirme - há a possibilidade do impedimento judicial -, a transmissão exclusiva e gratuita pela FlaTV promete ser histórica também para o clube, com a comunicação mirando novos recordes para o canal no Youtube.

Único clube que não negociou os direitos de transmissão com a TV Globo para o Campeonato Carioca de 2020, o Flamengo não teve partidas do Estadual deste ano televisionados. Assim, a FlaTV tem feito a cobertura destas partidas apenas com o áudio, sem imagens ao vivo. A exceção foi no confronto com a Portuguesa, em 14 março, o último do time de Jorge Jesus antes da paralisação de mais de três meses por conta da pandemia do novo coronavírus.

Em acordo extraordinário com o Grupo Globo, a vitória por 2 a 1 foi transmitida ao vivo pelo canal no Youtube, alcançando um pico de 988.478 telespectadores simultâneos, uma marca que a comunicação do clube espera bater na próxima quarta. Ao todo, o vídeo do jogo tem mais de 6 milhões e 500 mil visualizações.

A transmissão ao vivo da partida contra o Resende, em 3 de fevereiro, também garantiu o recorde de novos inscritos na FlaTV a partir de um único vídeo: 85.914, outra meta que o clube pretende superar na quarta, ultrapassando os 3,6 milhões de inscritos no Youtube. Em engajamento digital, o Flamengo é o clube mais forte do Brasil, ficando atrás apenas de gigantes europeus.