Evento olímpico na Gávea nesta manhã

Sede do Flamengo na Gávea (Foto: Reprodução/Facebook)

LANCE!
30/04/2021
11:45
Rio de Janeiro (RJ)

Após votação por e-mail ao longo da semana, o Conselho Deliberativo do Flamengo aprovou as contas de 2020 do clube, que em março divulgou o balanço anual referente ao ano passado, cujo prejuízo de R$ 106 milhões, sobretudo por conta das consequências da pandemia, chamou a atenção - o faturamento total foi de R$ 756 milhões, uma queda de 20,5% quanto a 2019

Aliás, o modelo adotado pelo Fla, em que cada um dos conselheiros devia responder o e-mail entre os dias 23 e 29 de abril, apenas com “sim” ou “não” para a aprovação da prestação de contas do último ano, causou discórdia.

O grupo "Flamengo da Gente" chegou a anunciar a abstenção na votação, isso depois de outra corrente política, a "SóFla", criticar publicamente o sistema adotado pela diretoria para aprovar o Balanço Financeiro. 

Alguns dos pontos questionados são (veja mais aqui): a necessidade de apontamento dos gastos com indenizações pela tragédia do Ninho do Urubu; maior detalhamento sobre receitas e despesas da Flaflu Serviços, empresa que é responsável pela administração do Complexo do Maracanã; e debate aberto acerca do artigo 146 do estatuto, em que é previsto a perda de autonomia para assinar contratos em caso de prejuízo maior do que o esperado.

+ Veja a tabela completa da Libertadores

Ao todo, as contas do no Flamengo referentes a 2020 foram aprovadas com 966 votos a favor, 28 rejeições e 88 abstenções.