Treino Flamengo - Domènec Torrent

Torrent deve escalar equipe de acordo com características do Santos, próximo rival (Foto: Alexandre Vidal / CRF)

Lazlo Dalfovo
26/08/2020
05:55
Rio de Janeiro (RJ)

O Flamengo está longe da colocação esperada para as cinco primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro. O aproveitamento é de apenas 33,3% e, a partir desta quarta-feira, Domènec Torrent terá a oportunidade de impulsionar o "jogo de memória" que pretende instalar na equipe, uma vez que iniciará, pela primeira vez, uma "semana limpa" para treinamentos - e em dois períodos em dois dias consecutivos.

> Confira a tabela do Campeonato Brasileiro

Na última terça, o elenco folgou. O descanso se deu visando a carga elevada a contar da manhã desta quarta, no Ninho do Urubu, tendo ambos os períodos com atividades táticas.

Depois do segundo empate consecutivo no Maracanã, com Grêmio e Botafogo, respectivamente, Dome se amparou a esse tempo para aprimorar as suas preferências táticas, sobretudo.

- Acho que precisamos, todos os técnicos, de tempo. Aqui no Brasil precisamos muito mais porque jogamos muitos jogos e quase não tempos tempo para treinar. A cada dois dias tem jogo. Então é recuperação, treinamento tático e jogo. Agora temos semana limpa, longa e podemos trabalhar conceitos. Vamos treinar dois períodos dois, três dias. Porque precisamos trabalhar conceitos. Fisicamente pouco a pouco está melhor todo o elenco. Se quiser jogar de memória precisa de tempo. Impossível só jogar, recuperação, jogar novamente. É muito difícil. Jogar com estilo muito claro é mudar coisas - disse o treinador.

MAIS MUDANÇAS À VISTA

Seja por contratempos ou opções técnicas, Domènec Torrent ainda não repetiu a escalação nos cinco jogos que esteve à frente do Fla (veja todas abaixo). O posicionamento tático também tem sido alterado, o que tende a ser uma tônica no trabalho do catalão. Ou seja, é indicado o torcedor evitar comparações com Jorge Jesus, que priorizava a repetição das peças iniciais, quanto a este perfil.

Arrascaeta - Flamengo
Arrascaeta não gostou do banco: Dome sinaliza que rodará o elenco com frequência, como faz Guardiola (Foto: Alexandre Vidal/CRF)

No último domingo, por exemplo, Torrent abriu mão do esquema com dois meias e dois atacantes, no triunfante 4-4-2 de outrora, e optou por um 4-3-3, escalando dois pontas e deixando Arrascaeta no banco de reservas - o que, inclusive, gerou uma indireta do uruguaio nas redes sociais

Até o jogo contra o Santos, no domingo, Domènec terá de seis a sete sessões de treinamentos, quando focará na exposição de suas ideias, justamente para que o tempo (pedido) para a repetição estimule o fator cognitivo de seus jogadores. E, provavelmente sem Gabigol e Rodrigo Caio (lesionados), o time a ser escalado tende a ser moldado de acordo com as características do Peixe, como costuma fazer o seu mentor, Pep Guardiola, em suas equipes. 

O fato é que Dome, mesmo respaldado internamente, já está ciente da pressão da torcida por resultados melhores. E esta semana limpa - a única até o reinício na Libertadores, dia 17 de setembro - pode ser o divisor de águas para a virada de chave, desempenho satisfatório e para o Fla se aproximar do almejado "jogo de memória". Em tempo: o jogo será às 16h deste domingo, na Vila Belmiro.

AS ESCALAÇÃO DE DOMÈNEC TORRENT ATÉ AQUI

Flamengo 0x1 Atlético-MG (1ª rodada do Campeonato Brasileiro)
Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Léo Pereira e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson (Vitinho), Arrascaeta (Pedro) e Everton Ribeiro (Michael); Bruno Henrique e Gabigol.

Atlético-GO 3x0 Flamengo (2ª rodada do Campeonato Brasileiro)
Diego Alves; Rodrigo Caio, Gustavo Henrique (Rafinha), Léo Pereira e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson, Vitinho (Pedro) e Everton Ribeiro (Arrascaeta); Bruno Henrique e Gabigol (César).

Coritiba 0x1 Flamengo (3ª rodada do Campeonato Brasileiro)
César; João Lucas, Rodrigo Caio, Léo Pereira e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson, Arrascaeta e Everton Ribeiro; Bruno Henrique (Pedro) e Gabigol (Diego).

Flamengo 1x1 Grêmio (4ª rodada do Campeonato Brasileiro)
Diego Alves; João Lucas (Renê), Rodrigo Caio, Léo Pereira e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson (Pedro), Arrascaeta e Everton Ribeiro (Vitinho); Bruno Henrique e Gabigol.

Flamengo 1x1 Botafogo (5ª rodada do Campeonato Brasileiro)
Diego Alves; Matheuzinho, Rodrigo Caio (Thuler), Léo Pereira e Filipe Luís; Willian Arão, Diego (Thiago Maia) e Everton Ribeiro (Pedro); Pedro Rocha (Vitinho), Bruno Henrique e Gabigol.