Treino Flamengo - Cesar

César admite pressão no Flamengo, mas defende Abel Braga (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo) 

Marcello Neves
03/05/2019
15:31
Rio de Janeiro (RJ) 

César foi colocado em meio a um furacão. De um lado, a pressão contra o técnico Abel Braga e a sua avaliação para continuidade frente ao Flamengo. Do outro, a pressão pela nota oficial divulgada nas redes sociais do clube que gerou revolta dos torcedores. Possível titular contra o São Paulo, no próximo domingo, o goleiro tomou palavra para responder as perguntas, mas preferiu não se envolver em polêmicas. 

- Não procuramos pensar dessa maneira. Temos um comandante experiência, fantástico, vitorioso, que nos ajudou a conquistar o título carioca. Temos respeito grande pelo Abel e vamos lutar para alcançar essas duas vitórias. Abel é um grande profissional e um excelente treinador. Troca de treinador acontece muito, as vezes precocemente. É ruim, sim, quando acontece. Mas, como falei, prefiro deixar essa assunto para depois. Quero focar nos dois jogos que temos - declarou, sobre o treinador. 


- Com relação a nota, é uma decisão da diretoria e das pessoas que trabalharam para emiti-la. Tem um pensamento, sim, mas acredito que todos em prol do Flamengo, para ter um ambiente da melhor maneira possível. Vem um clima exagerado do lado de fora, mas aqui dentro não vejo dessa forma. Sabemos que precisamos estar concentrados, entender esse desafio que é grande. Não vejo cobrança exagerada, vejo consciência da responsabilidade que temos de classificar - declarou, sobre a nota oficial. 

Apesar das polêmicas, também foi possível falar sobre futebol Após a derrota para o Internacional, o Flamengo deve enfrentar o São Paulo com uma equipe alternativa. Como Diego Alves está lesionado devido a lombalgia, o goleiro César deve ser titular e falou sobre "não repetir os erros". 

- Vinhamos de boas vitórias, somos campeões cariocas. Mas, sabemos que a cobrança é grande. Nossa cobrança também é grande. Contra o Inter, poderíamos sair com resultado melhor. Tomamos dois gols que poderiam ser evitados. Temos noção do que podemos render. O Internacional teve muitos méritos para nos vencer naquele jogo. Vamos trabalhar contra o São Paulo para alcançar essa vitória, retormar à frente no Campeonato. O jogo no início e no final vale a mesma coisa. Vamos brigar pelos três pontos.