Matheus Dantas
14/05/2022
18:36
Fortaleza (CE)

Duas vezes à frente do placar com gols de Willian Arão, o Flamengo esteve próximo de voltar a vencer no Campeonato Brasileiro, mas as falhas individuais e coletivas acabaram custando caro. O Ceará, com gols de Mendoza e Nino Paraíba - o segundo nos acréscimos da etapa final - empatou, e ficou tudo igual no lotado Estádio Castelão: 2 a 2.

+ Confira a classificação e a tabela da Série A do Brasileirão

Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, Flamengo recebe o Goiás, enquanto o Ceará visita o Santos. As duas partidas serão no sábado. Antes, contudo, o Rubro-Negro recebe a Universidad Católica (CHI), no Maracanã, pela fase de grupos da Libertadores, e o Vozão encara o General Caballero (PAR), no Castelão, na Sul-Americana.

Ceará x Flamengo
Flamengo e Ceará ficaram no empate (Foto: Jarbas Oliveira / L!Press!)

PRIMEIRO TEMPO DE TRÊS NOMES: ARRASCA, ARÃO E MENDOZA

Pressionado pela proximidade com o Z4, o Flamengo iniciou o jogo a mil e dominou as ações ofensivas. Após duas chances construídas com Bruno Henrique, pela esquerda, Arrascaeta passou a decidir na bola áerea. Cobrando escanteio, colocou a bola na cabeça de Willian Arão, que se livrou da marcação e abriu o placar aos sete minutos.

Após o gol, o Ceará cresceu na partida, contando com a velocidade de Mendoza atacando as costas dos laterais. Foi assim que, aos 27, o atacante arrancou para aproveitar a cobrança rápida de Zé Roberto - e a desatenção da zaga - para invadir a área e tocar na saída de Hugo.

A movimentação do camisa 10 seguiu criando dificuldades, tanto que Pablo e Ayrton Lucas receberam cartões por faltas nele. O Ceará era melhor na partida quando a dupla do Flamengo voltou a aparecer. E de forma idêntica: Arrascaeta cobrou falta lateral e Arão, novamente correndo para a primeira trave, desviou para fazer o seu segundo gol.

POUCAS CHANCES E MUITAS FALTAS

Ayrton Lucas foi sacado no intervalo após um primeiro tempo ruim, com Matheuzinho improvisado na esquerda. O Flamengo seguiu tendo maior posse de bola e espaço para trabalhar na intermediária devido à marcação "frouxa" do Ceará. As finalizações, contudo, eram poucas, e, a partir dos 15 minutos, os técnicos mexeram nos times.

Dorival Júnior lançou Richardson, Victor Luís e Yuri Castillo de uma vez no Vozão, que depois contou com Nino Paraíba. Paulo Sousa respondeu de imediato com Marcos Paulo e Rodrigo Caio. Depois, BH27 sentiu e Lázaro entrou, e Andreas substituiu Everton Ribeiro.

Com o Ceará se lançando ao ataque, o Flamengo esperava uma chance para contra-atacar, e a tensão aumentou no Castelão. As finalizações foram raras. Por outro lado, foram 41 faltas e 10 cartões.

VOZÃO ARRANCA EMPATE NO FIM!

As chances para o Vozão empatar vieram após os 35 minutos. A primeira foi em escanteio cobrado por Nino Paraíba, que Iuri cabeceou forte. Hugo defendeu parcialmente e Matheuzinho, debaixo da trave, apareceu para limpar a área. Minutos depois, Mendoza driblou o lateral e finalizou, mas Hugo foi bem de novo.

Os minutos passavam e a vitória do Flamengo parecia mais próxima, mas a bola parada voltou a ser decisiva - só que para o Ceará. Aos 45 minutos, em falta da esquerda, Nino Paraíba mandou direto para o gol, encobriu Hugo Souza e deixou tudo igual no Castelão: 2 a 2.

FICHA-TÉCNICA
CEARÁ 2X2 FLAMENGO

Local:
Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Data e horário: 14/5/2022, às 16h30 (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (Fifa-SP)
Auxiliares: Alex Ang Ribeiro (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (VAR-Fifa-SP)

Renda/Público: ND.

Gols: Willian Arão (0-1, 7'/1ºT e 1-2, 37'/2ºT), Mendoza (1-1, 27'/1ºT) e Nino Paraíba (2-2, 45'/2ºT)

Cartão amarelo: Geovane, Lucas Ribeiro, Erick, Mendoza (CEA); Hugo Souza, Marcos Paulo, Pablo, Ayrton Lucas, Bruno Henrique (FLA)
Cartão vermelho: Não houve.

CEARÁ (Técnico: Dorival Júnior)

João Ricardo; Michel (Nino Paraíba, 23'/2ºT), Messias, Gabriel Lacerda e Bruno Pacheco; Geovane (Richardson, 15'/2ºT), Lucas Ribeiro (Victor Luís, 15'/2ºT), Vina (Zé Roberto, 10'/1ºT) e Lima; Mendoza e Erick (Iuri Castillo, 16'/2ºT).

FLAMENGO (Técnico: Paulo Sousa)

Hugo Souza; Isla (Marcos Paulo, 16'/2ºT), Pablo, David Luiz (Rodrigo Caio, 15'/2ºT) e Ayrton Lucas (Matheuzinho, Intervalo); Arão, João Gomes, Arrascaeta e Everton Ribeiro (Andreas Pereira, 29'/2ºT); Bruno Henrique (Lázaro, 26'/2ºT) e Gabi.

Clique aqui e ganhe R$50 para jogar no Galera.bet