LANCE!
09/09/2019
17:00
Rio de Janeiro (RJ)

Não tardou para que Pablo Marí caísse nas graças da torcida. No último fim de semana, em vitória de 3 a 0 sobre o Avaí, o zagueiro voltou a marcar - foi o segundo gol dele com a camisa rubro-negra. E o melhor: viu a defesa não ser vazada pela terceira partida consecutiva pelo Campeonato Brasileiro.

A nova atuação consistente do espanhol o levou a ser eleito o "cara" da 18ª rodada, em votação popular promovida pela CBF. E Marí é só elogios ao clube, aos rubro-negros e ao técnico Jorge Jesus, que aprovou a sua chegada durante a pausa para a Copa América - estava no Deportivo La Coruña, na Segundona. 

- Eu acho que o Flamengo tem nível mundial. Penso que, quando um clube como o Flamengo se interessa por você, é uma grande chance. Eu me orgulho por terem me chamado para fazer parte deste time. Vir para cá foi algo indescritível. Foi muito importante e quero, evidentemente, fazer história aqui - disse Marí, em entrevista à FLA TV.

O defensor diz ter uma ótima relação com o treinador rubro-negro, que também vem sendo muito elogiado pela torcida do Flamengo.

- A minha relação com o Mister é muito boa. Ele, a cada dia, tenta me ensinar coisas e descobrir potencialidades que eu mesmo não sabia que tinha. Acredito que o Mister tem uma visão diferente do futebol, está me ajudando muito e tirando o melhor de mim - completou a respeito do treinador Jorge Jesus.

NÚMEROS MELHORES DO QUE O ANTECESSOR

Aos 26 anos, Marí, contratado junto ao Manchester City, soma sete jogos neste Brasileiro, que, em relação à competição nacional, é a mesma quantidade do antigo titular, Léo Duarte, negociado para o Milan também em julho.

Aliás, para se ter ideia da ótima fase, o espanhol já supera o garoto do Ninho em números relevantes (via Footstats) quanto aos aspectos defensivos e com a bola: interceptações (dois a zero), rebatidas (36 a 24), viradas de bola (três a zero), lançamentos (26 a nove) e duelos aéreos (2.9 de média por jogo a 2.4). 

Pablo Marí já atuou ao lado de Rodrigo Caio, Thuler e Rhodolfo






A adaptação de "Pablito" ao país já é uma realidade, assim como o fato de ter virado xodó da torcida, que o verá novamente em ação neste sábado, diante do Santos, no Estádio do Maracanã e pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. 

- Acredito que já entendi como se vive no Brasil. Em apenas um mês e meio, já me sinto brasileiro. A minha família chegou para morar comigo há dois dias (semana passada) e estão muito felizes de estarem no Brasil - comentou Marí.

CONFIRA A ENTREVISTA À FLA TV