Treino do Flamengo no CFZ

Centro de Futebol do Zico, o CFZ, já recebeu atividades do time principal e de base do Flamengo (Foto: Paulo Sergio)

LANCE!
13/02/2019
19:43
Rio de Janeiro (RJ)

Os jogadores das categorias de base do Flamengo estão impedidos de entrar e realizar qualquer atividade no CT George Helal, o Ninho do Urubu. Com a decisão do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, publicada nesta quarta-feira, o clube deve recorrer às instalações do Centro de Futebol Zico, o CFZ, que já recebeu o time profissional e de base do Rubro-Negro em outras ocasiões.

Assim como o Ninho do Urubu, o CFZ fica localizado na Zona Oeste do Rio de Janeiro, no bairro do Recreio, há cerca de 10 quilômetros do CT do Flamengo.

Depois do incêndio na última sexta-feira, o Flamengo paralisou as atividade de todas as divisões de base por tempo indeterminado. Dez atletas morreram - todos de 14 a 16 anos - e outros três ficaram feridos. Jhonata Ventura, 15, e Francisco Dyogo, 15, ainda estão internados e têm quadros estáveis. Cauan Emanuel, 14, recebeu alta médica e deixou o Hospital Vitória na segunda-feira.

O Sub-20, que disputou a Copa São Paulo em janeiro, iria retomar os treinos no Ninho do Urubu a próxima segunda-feira, dia 18, enquanto os jogadores das demais categorias se reapresentaram no CT no dia 4 de fevereiro, após férias.

Junto com o retorno da equipe sub-20, era esperado a mudança das divisões de base para o módulo 1 do CT, que atendia o time profissional até o fim de 2018. A equipe principal, do Abel Braga, usa há duas semanas a nova estrutura do CT, inaugurado em dezembro pela gestão do ex-presidente Bandeira de Mello.

Os calendários da CBF e da Ferj preveem o início das competições de base em 13 de março, com a Copa do Brasil Sub-20, e os Estaduais das categorias Sub-20, Sub-17 e Sub-15 em 16 de março, com a rodada inicial da Taça Guanabara.