Jorge Jesus e Everton Ribeiro

Jorge Jesus trouxe novidades para o dia a dia do Flamengo no Ninho do Urubu (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

LANCE!
09/07/2019
10:55
Rio de Janeiro (RJ)

Jorge Jesus chegou ao Flamengo há um mês e com a chegada da nova comissão técnica, uma cartilha de regras foi adotada no CT do Ninho do Urubu. Um dos procedimentos adotados foi o controle dos horários de chegada e saída dos jogadores por meio de um relógio de ponto biométrico (digital), mas, segundo Bruno Henrique, a "caixinha segue zerada", para alegria do técnico português.

Antes do treino desta terça-feira, o atacante falou sobre as novidades trazidas pelo rigoroso Jorge Jesus, destacando que o elenco tem atendido às exigências da comissão sem problemas. Para Bruno Henrique, a filosofia de trabalho do novo treinador, de muito profissionalismo, é positiva e benéfica ao Flamengo.

- É bastante rigoroso (Jorge Jesus). Na Europa é assim. Joguei lá e se tivesse um treinador assim aqui antes de ir para lá seria importante. É um aprendizado para os meninos e nenhum jogador aqui tem problemas com horário - disse Bruno Henrique, antes de revelar que uma brincadeira de Jesus com o grupo:

- Ele até brinca sobre a caixinha. Diz que "vamos ter que fazer um rateio no fim do ano para fazer algo, vocês são muito pontuais”. É a filosofia dele, chegou para colocar o que ele fazia lá fora, temos que entender e sermos obedientes.

Além do controle sobre os horários, outras regras fazem parte da cartilha de Jorge Jesus. Quando os jogadores e profissionais jantam ou almoçam no CT, por exemplo, é preciso aguardar que todos estejam no local para iniciar a refeição.