Flamengo x Peñarol Carrinho Gabigol

Entrada que causou a expulsão de Gabriel Barbosa ()CARL DE SOUZA / CDS / AFP

LANCE!
04/04/2019
06:30
Rio de Janeiro (RJ)

A derrota para o Peñarol, do Uruguai, além de ter custado a liderança do Grupo D da Libertadores, aumentou a responsabilidade do Flamengo no clássico de sábado contra o Fluminense, adversário o qual tem imposto dificuldades ao time de Abel Braga. É preciso dar uma resposta à á atuação em jogo que, enfim, é decisiva pelo Estadual. E há lições a serem tiaradasda derrota para o Fla-

Na visão de Léo Duarte, o Flamengo precisa entrar mais atento em campo no sábado, novamente no Maracanã, para ir à decisão do Campeonato Carioca.

- Atenção é o que temos que levar. É um adversário que temos encontrado dificuldade vamos enfrentar em jogo decisivo - afirmou o zagueiro Léo Duarte.

Outro ponto a se destacar é que, assim como nos últimos duelos com Vasco e Fluminense, o time do Flamengo, por vezes, mostrou-se com os ânimos exaltados. Talvez por excesso de vontade, Gabriel Barbosa entrou duro demais em Rojo e acabou expulso na etapa final. Com um a menos, a equipe de Abel Braga acabou sofrendo o gol de Viatri e perdendo a partida no Maracanã.

Neste jogo , foram 17 faltas cometidas, dois cartões amarelos e um vermelho. Nos últimos dois clássicos contra o Fluminense, foram 36 faltas do Flamengo, que ainda foi advertido com nove cartões amarelos e um cartão vermelho. O técnico Abel Braga não vê um desequilíbrio emocional por parte da equipe.

- Não porque não vejo nenhum tipo de preocupação que tenhamos que ter, uma atenção diferente daquela que nós trabalhamos. É um grupo excelente de trabalho. O adversário teve méritos, se defenderam muito bem - respondeu Abel Braga, quando questionado se a ausência de um psicólogo na comissão técnica estaria fazendo falta - Alberto Filgueiras foi trocado de área em fevereiro e não houve reposição até o momento, informou o clube da Gávea.