Gávea - Flamengo

Com o Ninho do Urubu interditado, Flamengo voltou a utilizar o Estádio da Gávea (Foto: Divulgação)

Alexandre Araújo e Matheus Dantas
11/03/2019
16:27
Rio de Janeiro (RJ)

O retorno ao trabalho após a tragédia. Pouco mais de um mês após o incêndio que atingiu o alojamento das categorias de base, no Ninho do Urubu, os jovens das categorias Sub-14 e Sub-17 do Flamengo, as mais atingidas pelo ocorrido, se reapresentaram na manhã desta segunda-feira, no Estádio da Gávea. O primeiro dia foi de reuniões e conversas com comissão técnica e dirigentes.

Cauan Emanuel e Francisco Dyogo, que ficaram feridos e foram hospitalizados, estiveram ao lado dos companheiros. Os dois receberam alta médica no último dia 11 e 15, respectivamente. Jhonata Ventura, o terceiro ferido no incêndio, ainda está internado no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio.

Os jovens ainda não foram a campo neste primeiro dia, cujas atividades foram fechadas à imprensa. Os garotos do Fla também assistiram uma palestra motivacional dada por ex-integrantes do Bope. A informação foi inicialmente publicada pelo site "Globoesporte" e confirmada pela reportagem do LANCE!.

Dirigentes também estiveram presentes neste retorno das divisões de base. Aos atletas e aos pais presentes, foram apresentadas as estruturas que serão utilizadas pelos jovens a partir deste ano no CT George Helal, o Ninho do Urubu, que, no momento, segue interditado pela Prefeitura do Rio de Janeiro.

O módulo que atenderá os jovens era utilizado pelo time profissional até 2018.

Nesta terça-feira, será a vez dos meninos das categorias Sub-12 e Sub-12 retornarem às atividades. Os jogadores do Sub-20, por outro lado, se reapresentaram no último dia 20, e estreiam na Copa do Brasil na quinta-feira.

O incêndio no Ninho do Urubu aconteceu no dia 8 de fevereiro e vitimou 10 jovens das divisões de base do Fla: Christian Esmério (15), Vitor Isaias (14), Arthur Vinícius (14), Pablo Henrique (14), Bernardo Pisetta (14), Jorge Eduardo (15), Áthila Paixão (14), Samuel Thomas (15), Rykelmo (16) e Gedson Santos (14).