Lincoln

O atacante Lincoln durante atividade no Ninho do Urubu (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

LANCE!
04/12/2020
15:53
Rio de Janeiro (RJ)

Cumprindo uma decisão da direção do futebol do Flamengo, Lincoln treinou com o Sub-20 do clube nesta sexta, no Ninho do Urubu. A determinação foi informada ao jogador na última quarta, mas, em um primeiro momento, o atleta e seu empresário não aceitaram a definição e, na quinta, Lincoln se apresentou e treinou com o grupo principal e, por isso, acabou advertido.

+CONFIRA A TABELA DO BRASILEIRÃO

Integrado ao elenco profissional do Flamengo em 2017, Lincoln completa 20 anos no próximo dia 16 e, por conta destas circunstâncias, não aceitou a determinação inicialmente. O atleta tem oferta para deixar o clube: o Pafos, do Chipre, ofereceu 4 milhões de euros (cerca de R$ 20,5 milhões) pelo atacante.

A informação foi divulgada, em primeira mão, pelo "GE" e confirmada pela reportagem do LANCE!. A oferta do clube cipriano, no entanto, ainda não chegou diretamente ao estafe do atleta rubro-negro, que também desperta o interesse do Dínamo de Kiev. O clube ucraniano ainda aguarda a definição de sua classificação para a Liga Europa antes de realizar uma proposta formal.

A venda de Lincoln, que completa 20 anos este mês, ajudaria o Flamengo a minimizar o prejuízo financeiro caudado pelas eliminações recentes na Copa do Brasil e na Libertadores. Para não comprometer o planejamento de 2021, outros jogadores podem ser negociados pelo Rubro-Negro.

Revelado no clube, Lincoln subiu aos profissionais em 2017, com apenas 16 anos, após se destacar nas categorias de base. Desde então, o atacante disputou 64 jogos e marcou oito gols, mas não conseguiu se firmar e tornou-se alvo de críticas da torcida.

Recentemente, o jovem se envolveu em uma polêmica extracampo, acentuando divergências internas, e perdeu espaço com Rogério Ceni. Na última partida, contra o Racing, pela Libertadores, Lincoln não foi nem sequer relacionado. Rodrigo Muniz, também da base, completou o banco.