Thiago neves - Cruzeiro

Thiago não esteve bem em campo e acabou substituído no segundo tempo= (Foto: Reprodução/TV Globo)

Valinor Contéudo
24/10/2018
22:59
Belo Horizonte

Visivelmente cansado, o meia Thiago Neves admitiu que o Cruzeiro estava com o freio de mão puxado na derrota para o Ceará, por 2 a 0, e um relaxamento natural da equipe diante dos cearenses.

TN30 falou também que o técnico Mano Menezes puxou a orelha do time, tentou dar uma modificada na equipe e deu broncas no time para evitar o mau resultado.

- Queira não queria, acaba dando uma relaxada. O Brasileiro às vezes é assim. Tem time que nunca esta relaxadão. Pedimos desculpas à torcida e ao Fábio, mas vamos recuperar, disse.

Thiago comentou que a equipe errou muito no jogo e o técnico Mano Menezes cobrou da equipe, mas tem dias que a bola não entra.

- Tivemos muitos erros de passe. Jogadas que não costumamos errar, acabaram mal feitas. Houve muita cobrança do Mano sobre nossas falhas e o Ceará soube usar o contra- ataque. E tem jogo que a bola não entra, explicou.

O Cruzeiro chegou voltou a ter um saldo de gols negativos no Brasileiro. Foram anotados 25 gols e a Raposa sofreu 27 em 30 partidas.