Sérgio Santos Rodrigues foi eleito por aclamação, pois tinha apenas a sua chapa inscrita nas eleições

A Raposa discute a mudança no seu estatuto para modernizar o clube-(Igor Sales/Cruzeiro)

Valinor Conteúdo
03/11/2020
17:30
Belo Horizonte

O presidente do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues, enviou uma circular de convocação dos associados do Cruzeiro para a Assembleia Geral Extraordinária, que acontecerá no dia 19 de novembro, para discutir a mudança no estatuto do clube.

A assembleia será no Parque Esportivo do Barro Preto, às 19h (de Brasília) e pode mudar os rumos da Raposa. O estatuto celeste vem sendo discutido desde o início do ano e é uma demanda antiga do torcedor cruzeirense, que deseja ter mais participação no dia a dia do Cruzeiro e transparência na gestão do clube, que sofre ainda com o maior escândalo administrativo de sua história na “Era” Wagner Pires de Sá.

A convocação da presidência para votar o novo estatuto acontecerá antes que sejam eleitos novos conselheiros natos, o que poderia mudar os rumos das propostas de modernização apresentadas.

Houve forte pressão da torcida e do presidente para que o pleito de conselheiros não acontecesse, sendo cancelado.

Antes mesmo da reforma, o Cruzeiro pediu sugestões aos torcedores para melhorar seu estatuto com o envio de ideias para o clube. A mudança mais significativa pode ser a liberação dos sócios-torcedores para votarem nas eleições do Cruzeiro, aumentando a participação do torcedor não associado ao clube, reduzindo o poder de pequenos grupos de conselheiros nos rumos da Raposa.

Carta enviada aos associados do Cruzeiro assinada pela presidência
Carta enviada aos associados do Cruzeiro assinada pela presidência(Reprodução)