Atlético-MG x Cruzeiro

Bozzano foi sacado da comissão de arbitragem pela atuação pouco eficaz do VAR nas finais do Mineiro- Bruno Cantini / Atlético

Valinor Conteúdo
23/04/2019
16:30
Belo Horizonte

A Federação Mineira de Futebol (FMF) demitiu o presidente da comissão de arbitragem da entidade, Giulliano Bozzano, que estava no cargo desde 2014. Bozzano demonstrou pouca surpresa com a decisão da entidade, comandada por Marcelo Aro, dizendo que é normal a escolha da federação.

A FMF publicou um comunicado oficial em suas redes sociais anunciando que Leonardo Barbosa, diretor de competições, assumirá a presidência da Comissão de Arbitragem interinamente, sem detalhar quando vai contratar novo profissional para o cargo.

Bozzano não resistiu às críticas do Atlético-MG sobre o uso do VAR, quando, nas palavras do seu diretor de futebol, Rui Costa, fez duras críticas ao sistema de arbitragem de vídeo.

Bozzano teve uma discussão com Mano Menezes, técnico do Cruzeiro, no dia 10 de março, quando o treinador discutiu com o agora ex-presidente da comissão, durante o intervalo do jogo entre Cruzeiro e Tombense, na fase de classificação do Mineiro. Mano se queixou de um gol anulado pelo assistente Marcus Vinícius Gomes, marcado por Marquinhos Gabriel.